TSS – Toyota Safety Sense. Este é um conjunto de sistemas de segurança preventiva desenvolvido pela Toyota, que atingiu agora a marca de 10 milhões de unidades instaladas, isto apenas três anos e meio após a sua introdução (em Março de 2015). Até ao final do ano, prevê-se que esteja instalado em três milhões de veículos no Japão, sendo que na América do Norte a Toyota prevê atingir a marca de cinco milhões.

O primeiro modelo a ter este sistema instalado foi o Corolla, com o principal objectivo de democratizar a tecnologia de segurança.Hoje em dia, o Toyota Safety Sense, equipa aproximadamente 90% dos veículos Toyota e Lexus para o mercado Nipónico, Norte-Americano e Europeu. Neste momento está presente em 68 países e regiões, incluindo a China, outros países Asiáticos, o Médio Oriente e Austrália.

O objectivo do Toyota Safety Sense é ajudar a evitar ou mitigar danos ou ferimentos causados por acidentes de trânsito graves, isto com base em dados de acidentes no Japão, Estados Unidos e Europa.

Abrange os três aspetos seguintes:

  • O sistema de pré-colisão (PCS): ajuda a prevenir e mitigar danos causados por colisões na traseira dos veículos envolvendo outros veículos e/ou peões;
  • O Alerta de Mudança de Faixa de Rodagem (LDA): ajuda a evitar que o veículo se desvie da sua faixa de rodagem evitando assim colisões frontais;
  • Luzes de Máximos com Controlo Automático (AHB): contribui para a deteção precoce de peões e a redução de acidentes durante a condução noturna.

De acordo com os dados recentes da marca, veículos equipados com o Toyota Safety Sense reduziram em aproximadamente 70% as colisões na zona traseira do veículo – o tipo mais comum de acidente no Japão. No caso do TSS com sensores de estacionamento traseiros inteligentes (ICS) (que abrangem colisões a baixa velocidade), as colisões na zona traseira do veículo foram reduzidas em aproximadamente 90%.

O Toyota Safety Sense continua a evoluir com base numa abordagem em duas frentes: reforçar a sua adaptabilidade a acidentes de trânsito que envolvam mortes e/ou ferimentos e democratizar ainda mais o conjunto de sistemas, com o objetivo de eliminar por completo as mortes e lesões no trânsito.

O Toyota Safety Sense de segunda geração, introduzido em Janeiro de 2018, melhora a deteção e o desempenho, em comparação com a versão anterior e permite que o conjunto de sistemas responda a acidentes noturnos com peões e/ou bicicletas. O desenvolvimento adicional está concentrado no alargamento do espectro de acidentes de trânsito fatais e/ou com feridos, como atropelamentos e colisões frontais com veículos que se aproximam em cruzamentos.

A Toyota e a Lexus pretendem alargar o conjunto de sistemas de segurança a cerca de 100 países e regiões, incluindo a Ásia e a América Latina, isto até 2020.

Comprometidos em alcançar uma sociedade de mobilidade segura com o objetivo final de zero acidentes, a Toyota acredita que a segurança é fundamental no fabrico de automóveis e que melhorias significativas na segurança rodoviária só podem ser atingidas com a democratização de equipamentos de segurança avançados, como o Toyota Safety Sense e atividades de consciencialização e apoio ao desenvolvimento de um ambiente de trânsito que inclua o uso do Sistema de Transporte Inteligente (ITS) e tecnologias de conectividade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here