A Sony tem passado os últimos anos a apostar muito a sério na sua família de equipamentos mirrorless da família Alpha. Faz já alguns anos que fotografei Moonspell com uma Alpha 7 e, por então, a opinião prevalente era que ninguém levaria uma câmara daquele género para um evento daqueles. Talvez tivessem razão por então, mas já não, e hoje em dia ninguém questiona as qualidades das Sony Alpha, principalmente aliada a uma lente ZEISS. Seja como for, a Sony anunciou agora o expoente máximo da sua evolução ao longo dos últimos anos na forma da Sony Alpha 1.

Vamos ser claros: a Sony Alpha 1 é despudoradamente profissional. Oferece-nos um sensor de 50.1MP com um novo processador de imagem BIONZ XR com leitura do sensor melhorada para oferecer 120 cálculos de foco por segundo, duplicando a capacidade da Alpha 9 II, com uma cadência de 30fps. Sem blackout: 30 fps sem blackout. Imaginem. São, de qualquer forma, imagens de 21MP, enquanto o obturador mecânico oferece 10fps, o que bom de qualquer forma.

A vocação da Alpha 1 para a ação e desporto continua com uma sincronização com o flash admiravelmente rápida: 1/200 com o obturador eletrónico e 1/400 com obturador mecânico.

Interessante é que a Alpha 1 acrescenta às proezas do sensor um a opção lossless de compactação Raw, pela primeira vez numa Alpha, o que permite obter ficheiros até 50% menores. Novamente, há uma penalização na framerate, com esta opção a baixar a taxa de disparo para 20fps. Em compensação, o buffer pode acomodar até 96 imagens numa única sequência.

Um modo anti cintilação foi incluído com opções particularmente fortes, como a sincronização do obturador com o momento de maior intensidade luminosa numa sequência de cintilações, além da possibilidade de se ajustar o obturador quando o padrão de cintilação seja mais difícil de determinar (todos odiamos LED).

Do lado do vídeo, a Sony Alpha 1 oferece vídeo 8K com leitura da largura total do sensor. O vídeo autoriza até 30p e a gravação é feita em formato XAVC HS 8K 30p 4:2:0 de 10 bits. Mais significativo, talvez, é que a Sony indica ter melhorado a dissipação de calor em até 5X por comparação à a7R IV, com o resultado de ser possível capturar clips 8K com duração superior a 30 minutos.

Para movimentar todo este fluxo de trabalho, a Sony Alpha 1 oferece WiFi dual band com MIMO, mais do que triplicando a velocidade de transferência da Alpha 9II, além de opção por Ethernet e USB com 10Gbs.

A Sony Alpha 1 chega em Março de 2021 por aproximadamente €7300, um preço bem consonante com as suas extraordinárias capacidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here