A AMD tem gozado de uma forte ressurgência no mundo das placas gráficas e as Radeon RX 560 são a sua arma no segmento budget. Mas, numa movimentação atípica e nada agradável, a AMD começou a vender uma nova Radeon RX 560 com menos processadores de fluxo, e não avisou ninguém, mantendo o nome do modelo e vendendo-o lado a lado com a versão completa da gráfica.

Lançada em Abril, a Radeon RX 560 apresenta 16 unidades de computação e 1,024 processadores de fluxo, pelo menos em teoria e no papel. Como a PC World descobriu, existem à venda unidades sem qualquer distinção externa que possuem apenas 896 processadores de fluxo, portanto com uma capacidade muito inferior. Inclusivamente, a página de produto na AMD foi alterada para reflectir estas especificações diminuídas algures entre Julho e agora.

Os modelos são vendidos lado a lado, com a mesma designação e pelos mesmos preços, do que pudemos ver. Quem desejar comprar uma Radeon RX 560 terá, por isso, que ter cuidado e verificar cuidadosamente as letras miúdas para se certificar que está a comprar as gráficas mais potentes. Ora, assumimos que com mais processadores de fluxo estamos de facto a falar de gráficas mais potentes.

A AMD não deu até agora qualquer explicação para a mudança de hardware num modelo com o mesmo nome, não sendo de excluir mudanças de fabrico que permitam manter um desempenho semelhante.

A TekGenius está em contacto com a AMD e esperamos poder aprofundar este assunto no futuro. Mantenham-se atentos às nossas páginas.

DEIXE UMA RESPOSTA