A AMD está em alta com as suas novas gamas de processadores e gráficas, e acaba de receber o Best of Innovation Award na categoria de Hardware e Componentes de Computador, atribuído pela CES 2018 por desenho e engenharia excepcionais.

A lista de concorrentes do AMD Ryzen Threadripper incluía colossos tecnológicos como o HP Omen X, o Acer Switch 7 ou o Lenovo Yoga 920, mas o Threadripper conseguiu impressionar consumidores e peritos um pouco por todo o mundo com os seus 16 núcleos e 32 threads. O Ryzen Threadripper 1950X é o culminar dos chips da nova arquitectura Zen da AMD, que procuram criar performance máxima com menor consumo energético e conseguem ainda assim cortar para quase metade os preços dos seus concorrentes mais directos da Intel.

O AMD Ryzen Threadripper 1950X não é um chip normal, claro. A sua extrema potência destina-se mais do que a gamers, a produtores de conteúdos. Mas nada impede qualquer um de adquirir este colosso de processamento que requer uma motherboard muito específica e é volumoso demais para um desktop regular.

 

DEIXE UMA RESPOSTA