No final de 2017, a Disney tentou assumir o mercado da Netflix com uma proposta de aquisição de 52 biliões de dólares na 21st Century Fox. Mas alguns analistas do gigante financeiro Citi pensam que há uma boa probabilidade de a Netflix em breve tornar-se parte de uma aquisição que eclipsa o acordo Disney / Fox. Estes acreditam que existe uma probabilidade de 40% da Apple adquirir este serviço.

Jim Suva e Asiya Merchant afirmam que a aquisição potencial é resultado do corte de impostos corporativos de Donald Trump, o que permite às empresas um subsídio único para repatriar dinheiro do exterior sem ser atingido por uma enorme taxa de imposto.

A Apple tem fama de fazer 90% do seu lucro, ou cerca de 252,3 biliões de dólares, fora dos EUA. Em vez dos 35% anteriores, teria que pagar para trazer o lucro de volta aos EUA, a Apple agora pagaria menos da metade desse valor, deixando-a com uma quantia estimada de 39 biliões de dólares. Considerando que já tem 36,3 biliões de dólares reservados para tal eventualidade, o movimento parece provável.

Numa nota de Dezembro enviada aos clientes, a Suva e a Merchant marcaram a Netflix como a empresa com a maior probabilidade de compra da Apple. Os analistas disseram que há 20 a 30 por cento de probabilidades de um acordo ainda maior entre a Disney e a Apple, mas o relatório foi escrito antes da aquisição da Disney / Fox. Outros alvos menos prováveis incluem Activision, Electronic Arts e Take-Two.

A Disney está preparada para lançar o seu próprio serviço em 2019 e confirmou que eventualmente irá retirar os seus filmes da saga Star Wars e da Marvel da Netflix.

Se um acordo de aquisição da Netflix realmente acontecer, pensa-se que a aquisição irá ter um custo entre cerca de 85 biliões e 105 biliões de dólares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here