É uma notícia que fará toda a diferença no futuro da experiência de utilização dos smartphones Android: as apps passarão a poder actualizar-se enquanto as utilizamos, sem termos de as fechar. O anúncio foi feito na Android Developer Summit, na forma da nova In-app Updates API.

Hoje em dia, os Serviços do Google Play já se actualizam em segundo plano sem intervenção do utilizador, o que já causou alguns embaraços. O que a Google propõe agora é uma experiência mais fluída de actualizações, com a In-App Updates API a permitir duas opções:

Na chamada opção flexível, a actualização é descarregada enquanto utilizamos a app, mas só quando a reiniciamos é que a actualização é concluída.

Na chamada opção imediata, é gerado um pedido ao utilizador para que actualize a app, sendo necessário primeiro proceder à actualização e só depois poderemos usar a app.

A ferramenta pode dar ao utilizador uma melhor experiência de utilização, principalmente na opção flexível, mas direcciona-se principalmente para os programadores que são o núcleo do negócio da Google. Com esta ferramenta torna-se mais fácil a cada programador actualizar as suas apps sem demoras excessivas, garantindo que o utilizador tem as versões mais actuais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here