A decisão do Tribunal Judicial da Comarca de Évora deu razão à Aptoide, obrigando a que a Google remova todos os alertas de malware centrados sobre o sistema de proteção da Google, o Play Protect. A Google identificava a Aptoide como sendo uma aplicação potencialmente maliciosa, tendo forçado a remoção da aplicação da empresa portuguesa dos Smartphones Android onde estivesse instalada.

Devido ao facto de se sentir injustiçada pela Google, a Aptoide apresentou também uma queixa formal junto dos órgãos anti-trust da união europeia contra a gigante americana. A acção em questão, apresentada em Julho de 2018, integrou um conjunto de queixas contra as práticas de concorrência desleal da Google. Tudo porque o antivírus Android, o Google Play Protect, pressionou os utilizadores a desinstalar a Aptoide dos seus smartphones e tablets, alegando que a aplicação permitia fazer o download de aplicações maliciosas. A pressão era feita sobre a forma de avisos, sendo que os utilizadores podiam optar por deixar a aplicação instalada. No entanto, esses mesmos utilizadores relataram que a aplicação Aptoide deixava de funcionar correctamente, já que não deixava fazer a instalação de aplicações. A Aptoide estima que com esta acção da Google tenha tido uma perda de 2.2 Milhões de utilizadores em apenas 60 dias.

“Para nós, esta é uma vitoria importante para nivelar o mercado das app stores. Esperamos sinceramente que esta decisão possa ajudar outras startups a defenderem a inovação e a livre competição, independentemente da dimensão dos players concorrentes.” – Para Paulo Trezentos, CEO da Aptoide

De momento, a empresa portuguesa encontra-se a trabalhar na preparação de uma acção principal para exigir uma indemnização da parte da Google por todos os danos causados.

Em Setembro de 2017, a Aptoide apresentou excelentes resultados de segurança publicados num documento pela Waseda University e pelos NTT Secure Platform Laboratories no âmbito do 2º Workshop Internacional ACM SIGSOFT sobre App Market Analytics e denominado “Understanding the Security Management of Global Third-Party Android Marketplaces”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here