A ASUS sempre fez melhores smartphones do que muitos queriam admitir, mas há momentos em que parece fazer tudo bem. O caso: o novo ROG Phone 2 é oficial e incrivelmente excitante. A reunião entre a perícia da ASUS em gaming e em smartphones deu-nos um dos mais relevantes smartphones do ano até agora.

Sim, o ASUS ROG Phone 2 é uma verdadeira segunda geração do smartphone de gaming que a ASUS lançou o ano passado e apresenta melhorias significativas, e mesmo algumas novidades inéditas.

Assim, o ecrã é o primeiro AMOLED do mercado com taxa de varrimento de 120Hz, algo só possível em LCD até agora. Mas topem-me isto: temos uma latência de 49 milissegundos, o que é obsceno, se pensarmos que o Samsung Galaxy S10+ apresenta 87ms! A taxa de varrimento estará por defeito nos 60Hz, o que é o ideal para utilização quotidiana, mas para jogos poderão ativar a taxa máxima, jogo a jogo, mas considerem que isto significa maior gasto de bateria.

O ecrã, propriamente dito, apresenta 6.59 polegadas de diagonal com resolução FHD+, HDR e cobertura de 108% do espectro de cor DCI-P3. Nada mau, portanto!

Entretanto, convém lembrar que a ASUS se tornou a primeira marca a colocar no mercado o Snapdragon 855 Plus, uma versão overclocked e melhorada do 855 que se coloca já como o mais potente processador Android do mercado. Ora este processador a bombar num ecrã de 120Hz vai aquecer, vai querer refrigeração e sumo e é por isso que a ASUS aumentou a bateria para colossais 6000mAh, um ganho de mais de 30% face aos 4000mAh do seu antecessor e que deverá refletir-se na sua disponibilidade para longas sessões de gaming. A ASUS dá-nos uma porta USB-C extra na lateral para podemos carregar o ASUS enquanto jogamos em modo paisagem.

Com ecrã é bateria maior, o novo ASUS ROG Phone 2 é maior que o seu antecessor, crucialmente quase 12mm mais alto e 1mm mais espesso. Ainda assim subiu apenas 40g no peso, o que é uma proeza.

Em termos de guloseimas para gamers, não ficamos por aqui.

A ASUS inclui os pontos de toque ultrassónicos do antecessor, mas com latência diminuída 3x para os 20ms, enquanto temos dois motores de vibração em frequências diferentes para feedback mais realista. Os altifalantes frontais fazem um regresso, felizmente!

No que concerne ao restante hardware, o ASUS ROG Phone 2 estará disponível com até 12GB de RAM e 512GB de armazenamento interno em memórias UFS 3.0, as mais rápidas do momento, e uma câmara de vapor garante uma refrigeração superior para o processador não ter de abrandar durante os jogos mais exigentes. Um ventilador externo pode ser usado e é incluído com o dispositivo.

Também é interessante que a ASUS inclua a possibilidade de escolhermos entre uma UI quase limpa na forma da nova ZenUI 6, ou a mais adaptada ROG UI.

Já agora, este smartphone também tira fotografias e a ASUS sempre soube fazer boas fotografias. Desta feita temos ao nosso dispor uma câmara principal de 48MP com sensor Sony IMX586 e abertura f/1.6 coadjuvada por uma ultragrande angular de 13MP, enquanto a câmara frontal apresenta 24MP.

A cereja no topo do bolo é que a ASUS mantém a linha de acessórios lançados com o primeiro ROG Phone original. Introduzidos foram a AeroActive Cooler 2, mais silenciosa e eficiente, e a TwinView Dock II que permite ter dois ecrãs, incluindo um segundo ecrã de 120Hz, uma bateria de 5000mAh e um ventilador. Finalmente, Kunai Gamepad acrescenta dois comandos acoplados às extremidades do smartphone, ao estilo da Nintendo Switch.

A nova geração estará à venda a partir de 23 de Julho, pelo menos na China, e o preço não foi revelado, mas esperemos algo na zona dos €900. Não será exagerado, nem de nós queixarmos. Afinal, a ASUS parece ter escolhido o melhor hardware ao seu dispor e este é um topo de gama tão claro quanto possível. Haverá algum dispositivo para o igualar?

4 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here