Se tivéssemos dúvidas, bastaria olhar para uma prateleira numa loja: os smartphones vivem numa era de imitação à qual poucos conseguem fugir. Ainda menos conseguem fugir unindo arte e funcionalidade, sendo para mim este o ponto onde os BlackBerry Key2 e Key2 LE realmente conseguiram chegar tão perto da perfeição quanto é possível neste momento. Por isso mesmo, ambos os dispositivos foram agora distinguidos com conceituados prémios iF Design Awars por excelência no design.

Não precisamos de um PR para perceber onde os BlackBerry Key2 e Key2 LE são não só simplesmente diferentes dos restantes smartphones do mercado, mas também incrivelmente mais práticos e refinados no seu propósito. Tanto o Key2 de metal, quanto o Key2 LE de plástico, possuem um formato inegavelmente BlackBerry, não esquecendo o seminal painel traseiro em plástico ou borracha texturizada, resistente aos arranhões, com excelente tração na mão e confortável.

Mesmo na sua construção em plástico, o Key2 LE possui acabamentos impecáveis, enquanto o acabamento em alumínio fosco do Key2 é funcional e contra-corrente. Há uma enorme proporcionalidade das linhas, com proporções justas e corretas, com dois dos melhores teclados físicos que a BlackBerry alguma vez possuiu.

Ambos os dispositivos me agradam desde sempre, graças principalmente a este aspecto incrivelmente funcional do seu design. Muitos smartphones capitalizam tanto numa característica, que acabam por perder outras. Os smartphones de hoje em dia são frágeis, escorregadios, por vezes pouco pensados para facilitarem o trabalho do utilizador. Ambos os Key2 são instrumentos aprimorados de produtividade empresarial e refinaram a fórmula tão afim da BlackBerry de um teclado físico funcional, confortável, útil, sem sacrificar o design.

Com alguma sorte, teremos um Key3 nos iF Design Awards em 2020!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here