Não é novidade nenhuma que ao longo dos últimos anos, as ameaças na área da ciber-segurança têm vindo a aumentar e a tornar-se cada vez mais sofisticadas e agressivas. Por esse mesmo motivo, espera-se que a procura de profissionais com competências, experiências e mentalidades na área seja cada vez maior.

Um estudo feito pela Exclusive Group, prevê que até 2021 existam 3,5 milhões de empregos por preencher na área da ciber-segurança. Estes números provam que as empresas estão cada vez mais conscientes para os problemas de segurança e também mais proactivas neste domínio. No entanto, com o crescimento significativo do ciber-crime, os actuais postos de trabalho na área não irão conseguir proteger as empresas. Até 2021, prevê-se que o ciber-crime custe às empresas 100 mil milhões de dólares por ano.

No mesmo estudo, a Exclusive Group sublinha que só uma estratégia de ciber-segurança que combine o melhor talento com as melhores soluções e serviços de protecção poderão combater eficazmente as ameaças presentes e futuras. Nos próximos 5 anos, a ciber-crime irá mais do que triplicar as oportunidades de emprego na área da segurança, sendo que só na Europa haverá um défice de 350.000 trabalhadores até 2022.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here