A TCL não sente a urgência de fazer smartphones de €1000, embora possa claramente fazê-lo. Com o TCL 10 Pro de 2020, a marca quis mostrar que a sua tecnologia de fabrico de ecrãs está entre as melhores do mundo. A estratégia resultou, e o TCL 10 Pro recebeu acoladas como o melhor ecrã do seu segmento, com apreciações que o colocavam ao nível de alguns smartphones de €1000. Daí até à marca merecer a confiança de nomes como a Xiaomi, foi apenas um pequeno passo. A nível estilístico, a TCL mostrou não ter medo de ir a jogo com algo diferente, quebrando o molde do design repetitivo de 2020, e oferecendo um dispositivo que, visualmente continua a ser dos melhores lançados no último ano, premiado inclusivamente com um iF Design Award.

Mas, a glória de um smartphone é curta e a TCL tem um sucessor para o 10 Pro na forma do TCL 20 Pro 5G. Quando uma marca coloca em cima da mesa o seu próximo smartphone, a regra não escrita é que pretende captar os utilizadores que tenham equipamentos com perto de dois anos, sendo este o ciclo de troca de smartphones da maioria dos utilizadores. Claro que, tendo começado em nome próprio o ano passado, a TCL não tem esta vantagem e o seu desafio era fazer mais do que uma mera evolução do seu anterior flagship. Este equipamento tinha de ir bem mais longe para convencer novos utilizadores e quiçá convencer os seus já fãs a substituir os seus TCL 10 Pro.

Não há dúvida de que a TCL sabia isto e se a genética dos dois smartphones é semelhante, as diferenças entre ambos são muitas. Chegarão para convencer?

TCL 10 ProTCL 20 Pro 5G
Ecrã: AMOLED 6.47 polegadas, resolução FHD+ 1080×2340, rácio de aspeto 19.5:9, HDR10 com processador dedicado, taxa de atualização de 60Hz;
Processador: Qualcomm Snapdragon 675, Octa-core (2 núcleos Kryo 460 Gold a 2.0GHz e 6 Kryo 460 Silver a 1.7GHz, GPU Adreno 612;
Memória: 6GB RAM, 128GB UFS 2.1 de armazenamento expansível;
Câmaras principais:  64MP, 1/1.72 polegadas com 4×1 pixel binning e abertura f/1.8, ultragrande angular 16MP, f/2.4, macro 5MP, f/2.2 e sensor de profundidade 2MP, f/2.4;
Câmara frontal: 24MP, f/2.0;
Conectividade: 802.11 a/b/g/n/ac Wi-Fi, Bluetooth 5.0, GPS/GLONASS/Galileo/BeiDou, NFC, rádio FM;
Bateria: 4,500mAh com carregamento rápido de 18W;
Dimensões: 158.5 x 72.4 x 9.2mm, 177g
Ecrã: AMOLED de 6.67″, FHD+ (2400 x 1080), com HDR;
Processador: Qualcomm Snapdragon 750G (2 núcleos Kryo 570 a 2.0GHz & 6 Kryo 570 a 17GHz);
Memória: 6GB LPDDR4, 256GB de armazenamento interno expansível;
Câmaras principais: 48MP f/1.79 com OIS, 16MP f/2.4 ultragrande angular com 123º, câmara macro de 5MP, sensor de profundidade de 2MP;
Câmara frontal: 32MP f/2.5;
Conectividade: 802.11 a/b/g/n/ac Wi-Fi, Bluetooth 5.1, GPS/GLONASS/Galileo/BeiDou, NFC, rádio FM;
Bateria: 4,500 mAh com carregamento rápido de 18W e carregamento wireless de 15W;
Dimensões: 164.2 x 73 x 8.77mm, 190g

Design

Por onde começar? Num ano de repetições, o TCL 10 Pro foi uma afirmação de diferenciação com um design muito elegante, simétrico, sem verrugas. O seu destaque vai para o painel traseiro, onde as câmaras se escondem sob o vidro de acabamento fosco e aveludado, sem qualquer desnível.

O TCL 20 Pro 5G mantém a genética com a simetria do ecrã e painel traseiro que se abraçam na moldura, mas muda substancialmente o desenho do painel posterior. As câmaras estão agora dispostas na vertical do lado esquerdo, porque a TCL percebeu que a maioria das pessoas vão utilizar o telemóvel na horizontal para a fotografia. A lista brilhante, quase espelhada, estende-se do topo à base deste painel e contribui para um look desportivo. O restante do painel tem um acabamento fosco com um toque impressionante e aveludado. Acreditem que é os melhores feelings ao tato que vão encontrar este ano.

Um toque adicional de estilo do TCL 20 Pro 5G é a tecla de bloqueio com detalhado em laranja, mas no geral o design dos dois equipamentos é igualmente impressionante. O TCL 10 Pro consegue parecer contemporâneo um ano depois de ser lançado, mas ainda assim a balança pende – quando a mim – para o TCL 20 Pro 5G, mais arrojado, mais desportivo. Mas, no fundo, a decisão pode ser uma questão de gosto.

Ecrã

O ecrã e a experiência de visualização são centrais no conceito de ambos os TCL. A marca equipou ambos com os melhores AMOLED curvos que o seu know-how consegue conceber e isso nota-se em qualquer uma das gerações, com uma tremenda reprodução de cores e contrastes, com ecrãs com uma enorme capacidade de saturação de cores e representação de negros puros. Estes ecrãs são, em qualquer um dos casos, luxuosos para um segmento de preço abaixo dos €1000. No entanto, curiosamente, a TCL não quis adotar as taxas de atualização de 90Hz ou 120Hz tão em voga hoje e se os 60Hz eram ainda aceitáveis em 2020, muitos desgostarão que o TCL 20 Pro 5G se mantenha nos 60Hz.

A marca introduziu ainda assim a tecnologia NXTVISION 2, uma evolução da tecnologia já presente no TCL 10 Pro, e que promete fazer upscalling dos conteúdos SDR para HDR, com melhorias ao nível dos vídeos e jogos para imagens muito mais ricas. De nota que em qualquer uma das iterações desta tecnologia, a app também tem uma grande gama de alterações que podemos fazer, incluindo os níveis de saturação e temperatura de cor, alterar mesmo os espaços de cor para um AMOLED alargado, DCI-P3 ou sRGB, cada um com as suas vantagens.

Os dois ecrãs são, por isso, muito semelhantes, mas têm diferenças. Uma é o tamanho. Com 6.67″, o ecrã do TCL 20 Pro 5G é 0.20 polegadas maior que o do TCL 10 Pro, principalmente em comprimento/altura, apresentando agora 1080 x 2400 em vez de 1080 x 2340 pixéis. Isto não é tudo. Lado a lado os dois terminais, é óbvio que a TCL refinou a sua tecnologia de ecrãs curvos e o TCL 20 Pro tem uma curvatura lateral mais pronunciada, mas com um diâmetro menor, o que é o mesmo que dizer que a curva começa mais longe do centro do dispositivo, oferecendo uma superfície plana maior e um look muito Note que me agrada particularmente.

Como se traduz isto em termos de qualidade de imagem? Como vem de fábrica, as cores do TCL 20 Pro 5G estão saturadíssimas, com tons quentes muito vivos. A vantagem é que isto é perfeitamente controlável com a app NXTVISION, e por hábito uso o modo alargado AMOLED, onde o TCL 20 Pro exibe tons mais mornos que o 10. Mais uma vez, perfeitamente calibrável. Os dois ecrãs acabam por exibir muitas semelhanças, mas o TCL 20 Pro 5G coloca mais luzes nas zonas escuras, mostrando detalhe onde o TCL 10 Pro praticamente exibe negros, sendo esta uma diferença notável. De resto, o TCL 20 Pro exibe sempre uma tendência para tons mais quentes e vivos.

Curiosamente, sob a luz solar, o TCL 20 Pro 5G parece perder alguma legibilidade sobre o TCL 10, no entanto não é um tema.

Tudo somado, os dois ecrãs têm ambos vantagens e desvantagens. Pessoalmente, o ecrã do TCL 20 Pro agrada-me mais pela ligeira saturação superior das cores, e pelo formato mais amplo e mais plano com maior área útil.

Performance

O TCL 20 Pro 5G substitui o Snapdragon 675 do 10 por um muito mais moderno e potente Snapdragon 750G e, em termos de performance bruta, a evolução é como a noite para o dia. Este é aquele ponto em que o TCL 20 Pro 5G realmente justifica o upgrade e claramente supera o TCL 10, pelo menos duplicando as pontuações em todos os benchmarks deste último, com um impacto muito apreciável na fluidez dos jogos e das aplicações. A diferença não é trivial, o TCL 20 Pro 5G tem uma performance muito mais consonante com o seu preço e os mesmos jogos fluem muito melhor no novo smartphone do que no TCL 10. Estamos globalmente perante uma performance muito mais confiante.

Um ponto a não descurar é que efetivamente a performance é mais agradável, tanto no processamento, quanto no tratamento dos gráficos, mas a conectividade leva igualmente uma melhoria. Não é só a rede 5G que temos no TCL 20 Pro 5G, mas a velocidade da rede no geral neste dispositivo. No global parece mais estável, mais rápida, com o TCL 20 Pro 5G a agarrar melhor o sinal.

É ainda cedo para sabermos se esta performance tem um impacto negativo na autonomia, mantendo-se essencialmente a mesma bateria. Claro que, quanto a comodidade de carregamento, o TCL 20 Pro 5G introduz o carregamento wireless a 15W, o que lhe dá certamente um atrativo superior para quem gosta de carregar o seu smartphone por esta via, minimizando os cabos se já tivermos um monitor, mobiliário ou automóvel equipado com esta tecnologia.

Neste ponto é inquestionável que o TCL 20 Pro 5G é o smartphone superior.

Fotografia

O TCL 20 Pro 5G foi alvo de algumas alterações importantes face ao 10 Pro, nomeadamente a substituição da câmara de 64MP por uma de 48MP, mas com estabilização ótica de imagem. A redução da resolução potencialmente não se nota a olho nu, e certamente permitiu à TCL oferecer a OIS sem comprometer o design do telemóvel, especificamente, sem necessidade de módulo elevado. Mas olhemos para as imagens com mais detalhe.

Por defeito, o TCL 10 Pro tira fotografias de 16MP, enquanto o TCL 20 Pro 5G tirará fotografias de 12MP. Ao primeiro impacto, com luz normal diurna, e utilizando a câmara principal, o TCL 10 Pro utiliza algoritmos mais agressivos no HDR e confere aos céus com nuvens um ar mais dramático de contrastes elevados e cinzentos mais tempestuosos. Por seu turno, o TCL 20 Pro 5G apresenta céus mais realistas, com tons naturais e agradáveis. Olhando para as duas imagens abaixo, as diferenças em filosofia de imagem são notórias. O TCL 10 Pro cria contrastes maiores nas zonas de sombra do edifício e tem um recorte muito agradável, mas aos meus olhos o TCL 20 Pro 5G é mais fiel e realista.

Uma área que por vezes escapa às marcas e que leva uma grande melhoria é o detalhe nos cantos da imagem. Estas áreas são extremamente complexas, facilmente distorcidas, menos focadas e propensas a aberrações cromáticas como fringing e difração com contornos púrpura ou verdes. Curiosamente, apesar de ter uma resolução total inferior, o TCL 20 Pro 5G tem melhorias significativas nestes pontos. Mantém-se uma normal perda de detalhe longe do centro, uma característica normal em qualquer lente, mas o recorte é mais nítido, e os tais púrpuras nas zonas de contraste menos óbvios.

Já que estamos numa de vegetação, as ervas e folhagens à distância são um problema grave para qualquer smartphone. É simplesmente um daqueles territórios onde as câmaras clássicas ainda dominam. No seu tempo, o TCL 10 Pro era bastante bom neste aspeto e continua a ter os seus rasgos de génio, mas no geral o TCL 20 Pro 5G iguala-o e supera-o mesmo ligeiramente em termos de recorte nas folhagens em cenários de maior dificuldade.

Não é dizer que o TCL 20 Pro 5G é só vantagens. Um ponto fundamental em qualquer smartphone é a consistência. Eu quero utilizar qualquer uma das câmaras e ter um resultado idêntico em termos de equilíbrio de brancos. É aqui que o TCL não está ainda afinado. Ao compararmos as duas imagens abaixo, o mínimo que esperaríamos seriam tonalidades idênticas tanto em ultragrande angular, quanto com a câmara principal, mas o céu no primeiro caso fica com um tom mais esverdeado que não é visualmente agradável ou realista. Felizmente parece acontecer apenas no céu, e as restantes cores mantêm uma semelhança louvável entre câmaras.

Ainda no equilíbrio dos brancos, o TCL 20 Pro tem uma tendência para reproduzir tons rosa nos brancos, de resto como é possível observar na fotografia anterior mais aproximada enquanto o TCL 10 Pro é muito mais correto. Isto é ajustável, mas não deveria ter de ser o utilizador a corrigir.

Macro

Bom, o que dizer? O TCL 10 Pro tem das melhores câmaras macro do mercado, graças à combinação de 5MP e foco a 2cm, oferecendo resultados muito melhores do que as ultragrande angulares atuais de utilização mista, com foco a 4cm. Oferece ainda hoje resultados impecáveis e o TCL 20 Pro fundamentalmente herda esta câmara, mantendo o nível e os resultados impressionantes.

Com uma mão relativamente firme é possível aproximar-nos muito perto de qualquer pequeno detalhe e obter fotografias bem mais impressionantes do que as obtidas para este artigo, confesso.

Noite

Quanto à fotografia noturna, tenho uma opinião muito vincada sobre os smartpones que utilizam o modo noturno para puxar demasiado algumas zonas da imagem, e não é uma opinião particularmente boa. A fotografia noturna tem uma beleza própria e gosto quando o resultado final é natural e realista.

A fotografia noturna no TCL 20 Pro é um pouco tentativa e erro. Nos céus demasiado escuros o modo Super Noite pode ser tentado a acrescentar ruído nas zonas totalmente escuras, mas quando o sensor acerta, acerta mesmo. Os resultados são mais naturais, mais intensos que no TCL 10 Pro, com cores realistas e bem saturadas, detalhes bem recordados, e pouco ruído. Acima de tudo são muito convincentes e oferecem garantia de imagens bem conseguidas em cenários noturnos.

Por testar ficou apenas a câmara frontal, mas considerando o aumento de resolução, é de esperar que o TCL 20 Pro 5G leve a vantagem. Como leva em quase todos os departamentos, graças a resultados finais mais realistas, com cores mais naturais, além de melhorias significativas ao nível da qualidade dos detalhes, particularmente nas zonas perto dos cantos, sempre muito sensíveis.

O TCL 20 Pro 5G só não convence totalmente na homogeneidade de resultados, com diferenças muito importantes entre as imagens tiradas pela câmara principal e as obtidas pela ultragrande angular.

TCL 10 Pro vs TCL 20 Pro 5G: veredito

Para o lançamento do TCL 20 Pro 5G, a TCL parece ter ouvido os seus utilizadores e a opinião do mercado sobre o TCL 10 Pro. O TCL 20 Pro 5G efetivamente melhora significativamente os principais pontos fracos do seu antecessor, oferecendo no final de contas muito mais hardware e argumentos para o seu segmento de preço.

Se o TCL 20 Pro 5G não segue as tendências atuais de carregamento super rápido, na generalidade das suas especificações o novo topo de gama da TCL melhora significativamente o seu antecessor, dando um salto de gigante em processamento e conectividade. Os seus argumentos são tão fortes para novos utilizadores, como poderão ser para os atuais utilizadores do TCL 10 Pro à procura de atualizarem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here