Ao longo das últimas semanas temos assistido a um aperto da malha Americana em torno da Huawei, pressionando mesmo fabricantes como a TSMC para deixarem de receber encomendas da Huawei, notícias que a fabricante de Taiwan atribuiu a simples falta de capacidade produtiva. Em dúvida estava o poderoso processador da próxima geração do Huawei Mate, o Kirin 1020, cujo fabrico está, afinal, garantido.

O problema da TSMC parece ser que a Huawei ainda tem dinheiro a rodos e a Foxconn já se mostrou disposta a aceitar encomendas da Huawei, basicamente como toda a gente que quer fazer dinheiro.

Por isso, a TSCM irá efetivamente produzir alguns milhões de chips de 5nm e 12nm para a Huawei, o que poderá incluir o Kirin 1020, fabricado no mais avançado processo litográfico de 5nm. É esperado que estes chips sejam entregues até Setembro, antes do novo embargo entrar em efeito, o que dará à Huawei mais do que tempo para colocar o Mate 40 no mercado sem problemas de stock.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here