O Xiaomi Mi A2 é neste momento um dos dispositivos mais aguardados pelos entusiastas Android. O seu mix de especificações, preço e Android One tornam-no desde logo um candidato credível a bestseller do ano. Ora, procurando capitalizar no prestígio que esta família de smartphones conseguiu em apenas uma geração, as mais recentes informações mostram-nos a possibilidade de existir um Xiaomi Mi A2 Lite, efectivamente um Redmi 6 Pro sob outro nome.

E, como tal, o Xiaomi Mi A2 Lite terá capacidades idênticas ao Redmi 6 Pro, com um Snapdragon 625, 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, um ecrã de 5.84 polegadas com resolução 1080 x 2280. No campo das câmaras, uma parelha de 12MP e 5MP encontra-se na face principal e uma câmara de 5MP encontra-se na face frontal. Finalmente, há a destacar uma bateria de 4000mAh.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quanto ao design, não existem mudanças face ao Redmi 6 Pro. O dispositivo mantém a disposição vertical à esquerda, das câmaras principais, e a construção em metal com recortes nas porções superior e inferior do painel traseiro para a inclusão das antenas. Entretanto, à frente, um lábio inferior algo espesso opõe-se a um notch compacto.

Tudo somado, o Xiaomi Mi A2 Lite será com toda a certeza um dispositivo muito interessante para quem quiser uma experiência de Android puro aliada ao hardware sempre sólido da Xiaomi. Já quem preferir as maiores funcionalidades acrescidas da MIUI poderá apostar antes no Xiaomi Redmi 6 Pro.

No entanto, o rebranding de um dispositivo para outra família é uma tendência de muitas marcas Chinesas que desmultiplica o seu portefólio, mas também o torna mais confuso, quando os utilizadores olham para um conjunto de smartphones virtualmente idênticos, em design e hardware, com preços aproximados cujas pequenas diferenças nem sempre são imediatamente compreensíveis.

Sony ou Samsung já se aperceberam que portfólios demasiado extensos e pouco diferenciados podem não ser muito proveitosos e, com a posição de bom nome que a Xiaomi detém neste momento, espero que a marca Chinesa possa diferenciar mais os seus esforços e criar equipamentos muito claros quanto ao que podem oferecer ao utilizador.

DEIXE UMA RESPOSTA