Este ano, a IFA de Berlim está em alta nos lançamentos e embora já fosse amplamente divulgado, o Motorola One Zoom confirma que tínhamos razões para estarmos empolgados. O Motorola terá dos designs mais singulares do ano, e alia a esta personalidade inconfundível hardware muito meritório para a gama média.

O principal destaque vai mesmo para as câmaras e, neste aspecto, o Motorola tem – no papel – melhores câmaras que alguns topos de gama. Falamos de uma câmara principal de 48MP com abertura f/1.7 que utiliza combinação de pixéis 4×4 para gerar imagens de 12MP mais detalhadas e de melhor qualidade, particularmente com condições de baixa luminosidade. A câmara inclui estabilização óptica de imagem,

A acompanhar esta câmara temos uma ultragrande angular de 16MP e uma câmara de 5MP para medição de profundidade.

Mas o Motorola One Zoom não tem este nome por nada. Uma câmara de 8MP oferece o equivalente zoom 3x, podendo criar zoom híbrido de 10x, combinando os dados de imagem das restantes câmaras. Nada disto seria fácil de obter sem a estabilização óptica incluída nesta câmara também.

Finalmente, uma câmara frontal de 25MP também capaz de combinar pixéis 4 a 4.

Excelente design por fora, hardware moderno por dentro

O design do Motorola One Zoom é o elemento que nos diz quão ambicioso este equipamento é. As quatro câmaras principais, estão dispostas dentro de um rectângulo elevado que é absolutamente único no mercado e que inclui a asa de morcego da Motorola. Neste caso, o logótipo serve de luz de notificações, iluminando-se. Excelente ideia, na verdade, considerando que muitos preferem colocar o telemóvel de ecrã para baixo para não ser tão intrusivo, principalmente em ambiente laboral.

À frente, o ecrã tem rebordos bastante aceitáveis, e uma diagonal de 6.4 polegadas FHD+. A Motorola não utilizou aqui os seus ecrãs 21:9, e o ecrã tem um mais tradicional rácio de 19:9, com rácio de ecrã ativo de 85%. Um notch em gota de água destaca-se no topo do painel que é um OLED e, por isso, autoriza a existência de um leitor biométrico no próprio ecrã.

O processador é o recente Snapdragon 675, comum com o Moto Z4, acompanhado de 4GB de RAM e 128GB de armazenamento interno. Uma bateria de 4000mAh com carregamento rápido de 15W é muito interessante para uma utilização folgada.

Moderno que seja, o Motorola One Zoom não abdicou do jack de áudio, por isso parabéns à Motorola.

Apesar do nome, o Motorola One Zoom não faz parte do programa Android One, mas a atualização para o Android 10 está prometida, não com uma calendarização determinada que saibamos.

 

O Motorola One Zoom estará disponível em Electric Gray, Cosmic Purple e Brushed Bronze, por um preço de €429.99.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here