A Google tem por hábito molhar os pés no mundo real quando se trata de actualizações às suas ferramentas, e vários utilizadores parecem estar a notar grandes mudanças no modo como a Play Store está a gerir os downloads, entre outras novidades. Muitas destas alterações, é possível que nem nos tenhamos apercebido.

O problema das actualizações da Play Store sempre foi o download sequencial destas, e sabemos bem como pode ser exasperante esperar por download atrás de download, principalmente quando um download maior nos deixa à espera de alguma actualização importante. No entanto, ao utilizarmos a função “actualizar todas”, as apps parecem descarregar simultaneamente, para depois se instalarem sequencialmente.

Menos óbvio (ou necessário) é a passagem das definições do Play Protect para um menu de definições próprio. Efectivamente, sempre só tivemos duas opções: rastrear o dispositivo, e enviar apps desconhecidas para a Google para melhorar a detecção de ameaças. Não existe benefício claro em agora termos de ir à roda dentada para as alterar, mas quiçá a Google esteja a preparar caminho para futuros desenvolvimentos.

Finalmente, e sem impacto para o utilizador final, a Play Store permite agora a partilha interna de apps. A partilha interna é algo destinada a empresas e programadores, para que possam testar apps em canais restritos, mas uma vez que pressionemos a versão da Play Store até activar as opções de programador, podemos ligar esta funcionalidade que não tem para já qualquer resultado visível.

Testei estas alterações detectadas pelo Android Police e não foi possível replicar o download simultâneo das apps, por se tratar de uma implementação ao nível do servidor, que não depende da versão do utilizador. As restantes funcionalidades já estão activas em múltiplas versões da Play Store testadas em dispositivos BQ e BlackBerry. É justo dizer que o download simultâneo das apps é a possibilidade mais interessante, mas o seu benefício também dependerá da velocidade da ligação disponível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here