A HP tem novas workstations portáteis e desktop na família Z by HP e não quer limitá-las a nenhuma profissão. Poderosas e polivalentes, as novas workstations podem encher as medidas a todos os profissionais que procurem fiabilidade e performance, além de ferramentas de trabalho colaborativo. As novas workstations querem apelar

Uma novidade importante é certamente a nova ZBook Power G7, anunciada como a workstation portátil mais acessível da HP e que, por isso, pode ser um cavalo de combate para muitos negócios de média e pequena dimensão, ou para estudantes de ciência e matemática. Na sua configuração máxima, a ZBook Power poderá ser equipada com processadores Xeon ou i9 e gráficas NVIDIA Quadro T2000. O aumento de potência é substancial, apesar do chassis ser 10% mais leve do que a geração anterior.

A melhor relação peso-performance é transversal a toda a gama ZBook portátil, onde a HP apresentou igualmente as ZBook Fury de 15 e 17 polegadas. A HP diz-nos mesmo que a ZBook Fury 17 é a workstation de 17 polegadas com Quadro RTX 5000 mais pequena no mundo, sendo também possível optar por AMD Radeon RX.

Estas workstations não descuram os trabalhos gráficos e incluem monitores validados pelo instituto PANTONE.

No outro extremo encontramos as ZCentral, extremamente potentes e pensadas especificamente para a altura em que vivemos, portanto para um pesado tratamento de dados científicos e médicos via remota. A sua configuração máxima inclui processadores Intel Xeon W com até 18 núcleos e gráficas RTX 8000.

Para escritórios, as novas workstations Z2 apresentam múltiplos fatores de forma, como a Small Form Factor, capaz de incluir até processadores Intel Xeon W e gráficas Quadro 3000.

A HP não forneceu dados específicos quanto a datas de oficialização e preços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here