A Huawei é um dos nomes pioneiros na inteligência artificial, tendo colocado no mercado o primeiro processador mobile com NPU dedicada, o Kirin 970. A marca tem outros interesses industriais, incluindo nas redes de comunicações, onde a Inteligência Artificial faz a diferença quanto à utilização mais eficiente de inúmeras tecnologias. Mas a Inteligência Artificial é também um mundo novo, repleto de perigos e de potencialidades por descobrir.

Com a sua experiência, a Huawei quis partilhar as suas práticas e perspetivas sobre a forma correta de gerir sistemas de Inteligência Artifical e garantir a sua segurança. Quis – por assim dizer – abrir o livro e fê-lo com “Reflexão sobre o futuro da segurança e privacidade da IA”, que podem encontrar para download e leitura no seguimento deste artigo.

Do comunicado de imprensa:

No HUAWEI CONNECT 2019, a Huawei lançou o livro branco “Reflexão sobre o futuro da segurança e privacidade da IA”, que assinala as perspetivas e práticas da empresa sobre a segurança da IA, questões de privacidade e soluções relacionadas, propondo um modelo de responsabilidade partilhada para a segurança da IA e para a gestão da proteção de privacidade.

Sean Yang, Diretor Global de Cibersegurança e Privacidade da Huawei, apresentou o livro branco numa cimeira focada na construção de um sistema abrangente de segurança e proteção de privacidade da IA. Yang afirmou que a ”IA acrescenta um grande valor em vários cenários diários, incluindo na construção de transporte inteligente, otimização de redes de telecomunicações, melhoria da automação de armazenamento e da logística, entre muitos outros. As pessoas começam a beneficiar, cada vez mais, da conveniência significativa trazida pelo desenvolvimento da IA, que impacta positivamente as pessoas, independentemente do seu nível de conhecimento sobre a IA. No entanto, enquanto a IA traz oportunidades e benefícios substanciais, também enfrenta desafios na proteção de segurança e privacidade à medida que se torna mais omnipresente, em áreas como confiabilidade técnica, impacto social e legislação oportuna”.

A Huawei definiu sete objetivos de gestão da segurança e privacidade: segurança e controlo do sistema, transparência e rastreabilidade, proteção da privacidade, equidade, gestão de dados, competências e garantia dos objetivos de implementação. O livro branco apresenta também as práticas de gestão de segurança e proteção de privacidade da Huawei.

Os produtos e aplicações de IA fazem parte de um ecossistema abrangente e inclui um amplo conjunto de participantes do mercado. Devido à dificuldade de qualquer parte individual gerir as ameaças e riscos complexos de segurança e privacidade da IA, a Huawei propõe um modelo de responsabilidade partilhada para a gestão da segurança e proteção da privacidade da IA, com responsabilidade atribuída a cinco players que devem trabalhar juntos para o desenvolvimento saudável da IA: consumidores / clientes, developers de aplicações, implementadores, fornecedores de soluções full-stack e coletores de dados.

A Huawei está comprometida em promover conjuntamente o estabelecimento, implementação e melhoria dos padrões de segurança e privacidade na era digital. A empresa solicita aos stakeholders relacionados com IA que revejam e assumam as suas responsabilidades, que impulsionem a confiabilidade e o desenvolvimento da IA e que forneçam produtos e serviços de IA que possam garantir segurança e privacidade.

Clique aqui para fazer o download do livro branco “Reflexão sobre o futuro da segurança e privacidade da IA”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here