A Intel pretende vender uma participação maioritária numa empresa spinoff de realidade aumentada, com planos para potencialmente lançar smart glasses este ano. Estas informações chegam da Bloomberg Technology que também acrescenta que a empresa deverá ter o nome Vaunt. Já os smart glasses são conhecidos internamente como “Superlite”, e serão produzidos pelo fabricante Quanta Computer. Estes smart glasses irãi emparelhar com um smartphone via Bluetooth e usar um projector laser para exibir informações no campo de visão do utilizador.

A nova empresa inclui alguns ex-funcionários da Recon Instruments, a empresa de wearables AR que a Intel adquiriu em 2015 e encerrou no ano passado. Se o relatório da Bloomberg estiver correcto, este será o primeiro passo da Intel na realidade aumentada. A marca trabalhou com a empresa industrial de headsets AR Daqri e tentou lançar um projecto de “merged reality” conhecido como Project Alloy, embora tenha sido posto de parte no ano passado.

Apesar do pouco que conhecemos, a ideia de smart glasses apoiados por uma empresa importante como a Intel é entusiasmante para um avança nesta área, uma vez que a maioria das empresas que manifestaram interesse em AR com smart glasses acabaram por minimizar o interesse nesta ideia. A Amazon está a trabalhar neste tipo de óculos com a Alexa, mas a Apple, o Facebook e a Google estão de momento todos concentrados em desenvolver AR com base em smartphones.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here