A Fujitsu encontra-se em franca reestruturação do seu negócio e, como muitas outras marcas Japonesas, prepara-se para alienar diversos segmentos da sua actividade industrial. Recentemente soubemos que a Lenovo e a Huawei estão na corrida para adquirir o negócio de smartphones da Fujitsu e é precisamente com a Lenovo que a Fujitsu terá selado hoje um acordo de fusão do segmento PC.

O acordo celebrado hoje vê ambas as corporações a colaborar no segmento dos computadores, e segundo este acordo a Lenovo controlará 15% da divisão de computadores da Fujitsu, enquanto o Development Bank of Japan reterá 5%.

Anteriormente, a Fujitsu tentara uma colaboração com a Vaio e Toshiba para revitalizar o moribundo tecido tecnológico Japonês na área dos portáteis, onde a concorrência Chinesa e Coreana, aliada a uma quebra na procura por este tipo de produtos, tem feito estragos no que chegaram a ser algumas das mais icónicas marcas de tecnologia em todo o mundo. Com o acordo a falhar, resta saber como irão as restantes tecnológicas proceder doravante.

Claro que o acordo não será apenas positivo e pensa-se que pelo menos 3200 postos de trabalho serão perdidos, o que já teve um impacto negativo nas acções da Fujitsu

 

DEIXE UMA RESPOSTA