Eis algo que podemos apreciar: uma linha de portáteis de vocação empresarial que não é destinada às grandes empresas que compram computadores em lotes, mas às Pequenas e Médias Empresas. Estas empresas de menor dimensão têm claras necessidades de mobilidade e informatização às quais a Lenovo resolveu dar atenção com a nova família ThinkBook, quatro equipamentos da qual foram apresentados agora: os ThinkBook 13s e ThinkBook 14s, além dos ThinkBook 14 e ThinkBook 15.

Algures entre os ThinkPad intrinsecamente epresariais e os IdeaPad para o mercado de consumo, os novos ThinkBook aliam um look premium a uma construção em alumínio e liga de magnésio com proteção anti-derrames, mas abdicando da certificação militar dos ThinkPad. Utilizam igualmente tons cinza menos formais que os acabamentos negro e vermelho dos ThinkPad, apelando por isso a um público não necessariamente institucional, mas que quer emprestar ao seu negócio uma estética de prestígio e, esteticamente, os ThinkBook são irrepreensíveis. Os materiais avançados e a estética enviam uma mensagem forte e a Lenovo sabe disso.

Em termos de funcionalidades business, os novos ThinkBook não incluem um TrackPoint.

O que encontramos é um teclado efetivamente reminiscente dos ThinkPad, com as teclas em U retroiluminadas, uma funcionalidade que aprecio cada vez mais num portátil empresarial. No caso dos ThinkBook 14 e ThinkBook 15, temos atalhos para o Skype e outras funcionalidades business, enquanto apenas o ThinkBook 15 possui teclas numéricas separadas. A Lenovo não quis comprometer o espaçamento entre teclas nas restantes versões e isso foi provavelmente uma boa idea.

Os ecrãs podem ser de 13, 14 ou 15 polegadas, e são do tipo fosco preferível para computadores a utilizar em ambiente de escritório. A Lenovo não negligenciou algum valor acrescentado, e os painéis são compatíveis com Dolby Vision HDR, pelo que algum streaming não está fora de questão, enquanto o áudio é garantido por duas colunas Harman.

Os ThinkBook são seguros, incluindo Windows Hello, leitor de impressões digitais e um tab ThinkShutter para fechar a webcam. A bordo encontra-se igualmente um plataforma dTPM 2.0 para proteção de dados, além da tecnologia FIDO para armazenamento de credenciais para login em redes sociais e outros serviços.

Quanto ao processamento, a Lenovo fornece opções para Intel Core de 10ª geração, entre Core i5 e i7, com 4GB de RAM (até 24GB) e igualmente opções entre SSD e HDD, incluindo Intel Optane.

A autonomia também pode variar, com a Lenovo a oferecer diferentes capacidades de baterias. O Lenovo ThinkBook 13s é inovador porque integra a tecnologia Modern Standby, que permite acordar da suspensão em meio segundo. Durante o estado de suspensão, o portátil poderá ainda assim receber notificações.

Quanto à conectividade, os Lenovo ThinkBook incluem portas USB, incluindo USB-C 3.1 com DisplayPort, RJ45, HDMI, leitor de cartões 4-em-1, jack de áudio e WiFi 5 com opção por WiFi 6.

O ThinkBook 13s IWL já se encontra disponível no mercado nacional com um PVP sem IVA a partir de 777€. Os restantes modelos estarão disponíveis em breve.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here