Completamente fora dos ciclos normais, a LG acaba de anunciar os LG G7 One e LG G7 Fit, sendo aqui a maior surpresa que o LG G7 One chega não só com o Android One, mas também com o Snapdragon 835. O preço poderá por isso ser um factor determinante em tornar este equipamento extremamente interessante.

Nesta fase o Snapdragon 835 ainda vale a pena? O chip já vai a caminho de dois anos, mas ainda mostra uma performance muito interessante, a nível gráfico, e com o fabrico em litografia de 10nm ainda possui bons argumentos a nível de eficiência energética.

Ao adicionarmos a este processador 4GB de RAM LPDDR4X e 32GB de memória UFS 2.1, não há sequer dúvidas de que a LG escolheu bons componentes para este equipamento. O ecrã, entretanto, é uma unidade de 6.1 polegadas QHD+ herdado do LG G7 ThinQ, portanto com um notch que aloja uma câmara frontal de 8MP, enquanto as câmaras traseiras são uma dupla de 16MP f/1.6 e 16MP f/1.9 grande angular.

Outras características muito interessantes incluem o Quad DAC e o altifalante Boombox do LG G7 ThinQ, jack de 3,5mm, certificações IP68 e MIL-STD-810G, NFC, Bluetooth, e uma bateria de 3000mAh com Quick Charge 3.0.

O LG G7 Fit é uma abordagem algo diferente. O equipamento mantém a generalidade do LG G7 One, mas coloca-lhe um processador sensivelmente mais antigo, o Snapdragon 821, com 4GB de RAM e até 64GB de armazenamento interno.

Ambos os dispositivos chegam com Android 8.1 Oreo, mas só o LG G7 One faz parte do programa Android One, com o que poderá garantir actualizações mais atempadas e suporte durante 3 anos para os patches de segurança. O argumento é forte e temos que pensar no seguinte: este LG G7 One irá competir directamente com o Nokia 8 Sirocco como os mais potentes dispositivos disponíveis no programa Android One.

Por outras palavras, e excluindo os Pixel, o LG G7 One será o equipamento flagship do Android One, e o mais potente smartphone que podemos neste momento comprar para garantir uma experiência de Android pura. São argumentos muito interessantes, dando aos utilizadores verdadeiros sucessores dos Google Nexus.

O preço será, ainda assim, um grande diferenciador destes novos LG, e resta saber se será atraente. Esperamos mais detalhes ainda esta semana com o início da IFA de Berlim.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here