São excelentes notícias para os fãs da saga Exterminador Implacável: não só James Cameron está a trabalhar arduamente numa sequela para O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento, como teremos o prazer de ver Linda Hamilton, a original Sarah Connor, de novo no grande ecrã com o seu grande adversário/protector Arnold Schwarzenegger, segundo o The Hollywood Reporter.

A sequela para o filme de 1991 ainda não tem nome, mas o envolvimento de Cameron é de uma importância fundamental. É certo que todos nós gostamos de um modo ou de outro dos vários filmes que procuraram dar continuidade à saga, mas nenhum foi até agora capaz de acolher o fascínio e o respeito dos dois primeiros filmes realizados por Cameron e catapultados para um estatuto lendário.

Terá sido então decidido recomeçar a história precisamente após O Exterminador Implacável 2: O Dia do Julgamento, ignorando sem qualquer contemplação tudo o que foi feito desde então, incluindo no recente Genisys, com a sua linha temporal alternativa. O filme que recuperava Schwarzenegger e incluía Amelia Clarke (de A Guerra dos Tronos) não teve o sucesso esperado e toda a franchise esteve em risco de ser abandonada.

Cameron já se rodeou de grandes nomes da realização e argumentação cinematográfica, incluindo Tim Miller de Deadpool, Josh Friedman, criador de The Sarah Connor Chronicles e David S. Goyer, um dos mais requisitados argumentistas de Hollywood, com créditos como os recentes Batman.

Para os fãs da saga será muito interessante voltar a ver os principais antagonistas dos primeiros filmes novamente em contracena, mas tudo indica que o primeiro filme deverá estabelecer uma transição para actores mais novos. Será uma transição menos abrupta do que nos filmes que se seguiram a O Dia do Julgamento, com novos actores recrutados de um modo que terá talvez alienado muitos dos fãs dos originais.

Esperemos portanto que a saga Terminador consiga recuperar do mesmo modo que Batman.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here