O que temos diante dos nossos olhos? Será um Huawei Mate 10? Não. Pode parecer difícil vê-lo à primeira, e é preciso estar atento aos pormenores para percebermos que não temos à nossa frente o colosso da Huawei, mas uma cópia barata feita na China pela Meiigoo.

Estarmos entre os melhores tem destas coisas: facilmente somos imitados, e a Meiigoo não esconde onde foi buscar as suas influências ao baptizar o seu dispositivo como Mate 10. Todos os apontamentos estilísticos estão lá para nos enganar e pensarmos que de um Huawei Mate 10 se trata, incluindo as câmaras duplas na vertical sobre uma faixa bicolor na face traseira, e um ecrã com rebordos bastante reduzidos onde são patentes duas câmaras principais.

Na verdade, ninguém diria que este é um smartphone barato, tal parece ser a qualidade do hardware, mas não se deixem enganar: o Meiigoo Mate 10 não é um Mate 10. O seu hardware, sólido que seja, não pretende conseguir chegar ao do Huawei.

Pelo contrário, teremos aqui um sósia razoável que não se se deixa confundir, mal o capô é aberto. Aí não encontramos o poderoso Kirin 970 com inteligência artificial, mas um mais modesto (e ainda capaz) MediaTek Helio P23, um chip relativamente recente que terá ao seu dispor 6GB de RAM LPDDR4X e 128GB de RAM. Sobre as câmaras não sabemos nada ainda, mas não colocaria a mão no fogo quanto a terem uma qualidade equivalente.

Se querem um Huawei Mate 10, mas não estão dispostos a pagar o preço pedido, nem de ter uma qualidade vastamente inferior, o Meiigoo Mate 10 pode ser suficiente para terem uma ilusão de óptica na mão.

Preço ou data certa de lançamento não são ainda conhecidos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here