Parecia impensável há somente alguns anos, mas os smartphones já têm hoje em dia tanta ou mais RAM que muitos portáteis. O meu próprio portátil tem apenas 8GB de RAM, tanto quanto a maioria dos smartphones que me passam pelas mãos e, salvaguardadas as diferenças óbvias entre as duas arquitecturas, isto não deixa de ser impressionante. Hoje damos conta de mais um passo, com o anúncio pela Samsung da produção em massa dos primeiros chips de 12GB RAM LPDDR4X.

A própria Samsung já permite que o Samsung Galaxy S10+ tenha um máximo de 12GB de RAM, e anunciar agora o fabrico destes chips significa que o futuro está a chegar muito depressa. A nova RAM foi optimizada para as exigências das redes 5G, outra área onde a Samsung tem uma grande experiência, já que o fluxo de dados constante e em grande quantidade irá impor aos smartphones novas abordagens ao processamento desses mesmo dados.

Mais impressionante talvez, é que estes novos chips representam um avanço sério na tecnologia de fabrico, possuindo apenas 1,1mm de espessura, por comparação ao 1mm de espessura dos actuais chips de 8GB. Isto é, falamos do dobro da capacidade, para apenas 10% de aumento em volume.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here