Depois da chegada do Nokia 3.1 a Portugal em Junho, é a vez do Nokia 3.1 Plus chegar a terras Lusas com argumentos muito fortes para um segmento de preço que começa a ser o ponto ideal para quem procura especificações a orçamentos razoáveis. Falo do PVP recomendado de €229, em troca do qual o Nokia 3.1 Plus oferece um bom processador, boas câmaras e um design muito dignificante.

O processador é o Helio P22, da MediaTek, um rival moderno para chips como o Snapdragon 450, que oferece um bom compromisso entre eficiência energética e performance, sendo aqui acompanhado de um mínimo de 2GB de RAM e 16GB de armazenamento interno, ou então 3GB com 32GB de armazenamento. O ecrã, entretanto, é uma unidade de 6 polegadas, colocando o Nokia claramente dentro do campo dos phablets. As proporções são 18:9 e a resolução HD+ (720×1440).

Para as câmaras, a Nokia mobilizou uma câmara de 13MP coadjuvada por uma de 5MP para efeitos de bokeh no modo de retrato, enquanto o sensor frontal é de 8MP. A Nokia destaca aqui a implementação de soluções de inteligência artificial para melhorar os resultados fotográficos globais.

Como todos os Nokia, o Nokia 3.1 Plus chega ao mercado como Android One, o que garante uma grande vantagem para os utilizadores em termos de compromisso com actualizações frequentes, pelo que embora o sistema operativo seja o Android Oreo, a chegada eventual do Android Pie é quase certa. De facto, Nokia 3.1 Plus terá actualizações durante os próximos três anos e actualizações de sistema operativo para os próximos dois anos, uma garantia que poucos smartphones dão aos seus utilizadores e que vale certamente uma boa parte do preço.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here