A Nokia acaba de transformar em realidade o que há muitos anos se desejava: um novo Nokia de topo, com hardware e design capazes de rivalizar com qualquer marca ou modelo mercado. Falo obviamente do Nokia 8.

Chamar-lhe o melhor Nokia de sempre poderá ser difícil de engolir para nós que ainda nos lembramos de muitos míticos Nokia e não esquecemos os Lumia, mas no sentido estritamente estatístico o Nokia 8 é de facto o mais potente equipamento jamais criado com genética Nokia.

As informações agora oficiais apresentam o Snapdragon 835 a bordo, com 4GB de RAM, além de um ecrã de 5.3 polegadas QHD e 64GB de armazenamento.

Mas aquilo que toda a gente queria de facto ler está concentrado em cinco letras no módulo de duas câmaras: ZEISS.

Desde que a HMD Global anunciou a parceria com a Zeiss para voltar a dispor de câmaras deste fabricante nos seus dispositivos que os amantes da fotografia móvel rejubilaram. A parceria é mítica no mundo dos smartphones e pode ser a chave para a consagração do regresso da Nokia aos smartphones.

Além das câmaras Zeiss, o Nokia 8 introduz igualmente áudio OZO de 360°, que reproduz áudio direccional na reprodução de vídeo 4K UHD.

Bom, mas as câmaras são o ponto principal e encontramos duas unidades de 13MP com pixéis de 1.12 micrómetros e abertura de f/2.0. A destacar aqui que uma das câmaras é monocromática e que a câmara RGB possui estabilização óptica de imagem, além de foco por laser. À frente, a câmara selfie é exactamente igual, e inclui autofoco por detecção de fases.

Em conjunto, câmaras frontais e traseiras podem ser utilizadas em conjunto para fazermos streaming para o YouTube com o que a Nokia chama de Dual Sight.

Uma parceria com a Google significa que quem possuir o Nokia 8 terá armazenamento ilimitado no Google Photos.

A rematar, a bateria será de 3090mAh, e o Nokia 8 terá a bordo Android Nougat 7.1.1.

O desenho acabou por confirmar o que já sabíamos, e o Nokia 8 apresenta um corpo com linguagem de design transversal aos novos Nokia, incluindo o módulo da câmara vertical. O corpo é em alumínio da série 6000 e temos aqui mais alumínio do que no Nokia 5, o que poderá acrescer ao look premium extremamente brilhante.

O Nokia 8 acaba assim por cimentar o regresso da Nokia em pleno, ao ser o primeiro Nokia Android de gama alta, equipado com os mais recente componentes tecnológicos disponíveis para o mercado.

O seu preço rondará os €600, perfeitamente em linha com os seus principais concorrentes e chegará ao mercado em Setembro.

COMPARTILHAR
Fotografia, tecnologia, ciência: investigar escrever é uma paixão. Nas horas vagas, a caminho do trabalho ou de casa, cada minuto conta para descobrir e divulgar algo novo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA