Os Lenovo ThinkPad tem um historial de décadas nas preferências dos profissionais e das empresas. São, afinal, os computadores da Estação Espacial Internacional, e é muito provável que quando a ISS entre pela atmosfera dentro e arda na atmosfera, os ThinkPad sejam as únicas peças a sobreviver ao impacto.

Bom, mas nem só de Windows se fazem os ThinkPad e, com o novo ThinkPad C13 Yoga Chromebook, a Lenovo mostra que as empresas à procura de um equipamento premium e institucional, mas de um sistema operativo menos oneroso têm também boas opções.

Como é normal nos Yoga, o C13 apresenta um ecrã capaz de se dobrar até 360º para ser usado sem limites em modo de portátil, tenda ou tablet. O ecrã de 13.3 polegadas tem, ademais, molduras bastante estreitas e é compatível com uma pen para anotações e desenho.

É, além disso, um ThinkPad muito claramente, nas teclas em forma de U, na presença da bem amada trackpoint, e nas soluções de segurança que incluem um leitor biométrico para login seguro. Mas é também um ThinkPad para novos empreendedores e uma era menos formal e, por isso, vem em azul: pasmem-se.

O hardware inclui a interessante família de processadores AMD Ryzen 7 Série 3700C já com Wi-Fi 6 e Bluetooth 5.0 para ligações mais rápidas, mas também armazenamento opcional para a caneta ativa. Teremos até 16GB de RAM e o armazenamento pode ir até aos 256GB eMCC e M.2 PCIe TLC SSD.

A conectividade inclui duas portas USB-A e duas USB-C, 1 HDMI 2.0, leitor de cartões e jack de áudio com microfone. Uma câmara HD com proteção de privacidade e altifalantes estéreo estão também disponíveis para uma era de videoconferências e trabalho colaborativo à distância.

O Lenovo ThinkPad C13 Yoga Chromebook estará disponível brevemente em Portugal por um PVP sob consulta. Nos EUA, o seu preço é equivalente a aproximadamente €500, o que nos dá uma indicação da boa relação qualidade-preço que este equipamento terá.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here