Como esperado, a Xiaomi lançou hoje dois novos elementos da família Xiaomi 11, com os Xiaomi 11T e Xiaomi 11T Pro. O prefixo “Mi” desaparece do branding para fortalecer o reconhecimento do nome Xiaomi, mas é nas especificações que os novos Xiaomi mais surprendem. São dois equipamentos muito ambiciosos que cumprem os usuais desígnios dos modelos T: quebrar limites e colocar sobre a mesa novas performances.

Para esta geração, a Xiaomi escolheu grandes novidades ao nível das câmaras: sê tu o criador, é como que o mote destes novos Xiaomi. Ambos trazem câmaras de 108MP e avançadas capacidades de edição de imagem e vídeo.

Para isso temos o Cinema IA um Clique com movie effects, como mundo paralelo, compositor de vídeo VLOG com efeitos de filtro ou o Áudio Zoom. Não somos todos vLoggers, mas com os Xiaomi podemos ir mais longe na nossa ambição em termos de resultados. As câmaras conseguem mesmo eliminar elementos a mais nas fotografias com o apagador IA 2.0. Mas estamos a adiantar-nos. Comecemos pelo início.

Xiaomi 11T Pro: flagship killer. Em modo turbo.

Os preços dos smartphoes têm vindo a aumentar de modo alarmante, e os melhores do mercado há muito que deixaram os €1000 para trás. Hoje em dia pedem mais de €1200 por norma. Então, qual o nosso espanto quando olhamos para o Xiaomi 11T Pro, um smartphone impecável, repleto de especificações, mas barato.

O design é onde começa o encanto do Xiaomi 11T Pro, com linhas bem rematadas e painel traseiro em branco, acabamento iridiscente ou em negro com simulação de metal escovado.

No painel traseiro encontramos um grande módulo fotográfico com três câmaras. Tal como no Xiaomi 11T, estas câmaras incluem uma impressionante unidade de 108MP f/1.75 com OIS e lente 7P, além de uma ultragrande angular de 8MP e 120º de ângulo de visão, além de uma telemacro de 5MP.

À frente, um painel de 6.67″ FHD AMOLED DotDisplay com TrueColor impressiona. A pontuação da DisplayMate é de A+, já se sabe, tal como no caso do Xiaomi Mi 11 Ultra, confirmando desde já um dos melhores ecrãs do mercado. O ecrã pode mostrar mais de 1 bilião de cores, brilho máximo de 1000 nits, com típico de 800 nits e contrase de 5000000:1. Inclui ainda 120Hz de taxa de atualização adaptativa, HDR10+ e o licenciado Dolby Vision. O ecrã tem cor de 8-bit para evitar o banding, garantindo que tiramos o melhor partido possível das imagens que estas câmaras podem recolher. A câmara frontal é de 16MP e ainda temos colunas estéreo Harman/Kardon para uma experiência multimédia superior.

O Gorilla Glass Victus protege este sumptuoso ecrã.

No interior, o Xiaomi 11T Pro tem o coração de um verdadeiro topo de gama, com o processador Snapdragon 888 com um máximo de 8GB de RAM LPDDR5 e 256GB de armazenamento UFS 3.1.

No meio de todos estes argumentos, há, finalmente, um que supera a esmagadora maioria dos smartphones de gama alta à venda no nosso mercado: o carregamento rápido de 120W. Um fator absolutamente game changing no Xiaomi 11T Pro é decididamente a bateria de 5000mAh com carregamento HyperCharge de 120W capaz de carregar a bateria por completo em 17 minutos, com 5 minutos a bastarem para os 42%.

E topem-me: o carregado de 120W está incluído na caixa. Carregador de 120W. Incluído. Na caixa.

De parte da Xiaomi, conseguir certificar este carregamento na Europa é sem dúvida uma tour de force da Xiaomi. A certificação na Europa é sempre difícil num mercado mais conservador que o Chinês, mas o carregamento HyperCharge tem certificação TÜV Rheinland Safe Fast-Charge, 34 funcionalidades de segurança no carregamento e da bateria, incluindo controlo de picos de corrente, de temperatura ou deteção de humidade na porta USB.

Com estas características, o Xiaomi 11T Pro é virtualmente indistinto de um equipamento de gama alta. Exceto no preço.

No preço, o Xiaomi 11T Pro não tem nada que ver com um equipamento de gama alta, começando nos €649.99 para a versão de 8GB de RAM e 128GB de armazenamento interno, e ficando-se pelos €699.99 pela versão de 256GB de RAM. Com estes valores, o Xiaomi 11T Pro será um sério candidato ao vosso próximo smartphone, criando um sério problema à concorrência.

Xiaomi 11T: Cria os teus próprios conteúdos

A par com o Xiaomi 11T Pro, a Xiaomi lançou também o 11T, uma versão que troca o Snapdragon 888 pelo novo MediaTek 1200 que se posiciona numa performance próxima, mas com um custo-benefício impressionante.

O Xiaomi 11T tem, na verdade, grandes semelhanças com o 11T Pro, alterando apenas alguns detalhes que para muitos poderão fazer a mesma diferença.

O ecrã de 6.67″ é o mesmo AMOLED DotDisplay do 11T Pro, com TrueColor, taxa de atualização adaptativa de 120Hz e contraste 5000000:1, mas apenas com HDR10+, abdicando do Dolby Vision.

Mantêm-se igualmente as câmaras de 108MP, 8MP ultragande angular e 5MP telemacro, além da câmara frontal de 16MP.

Grande diferença é mesmo o carregamento da bateria que mantém os 5000mAh, mas reduz o carregamento para os 67W. Também aqui o carregador está incluído na caixa.

Quanto à disponibilidade e preço, o Xiaomi 11T estará disponível por €499.99 pela versão com 8GB de RAM e 128GB De armazenamento interno, e €599.99 pela versão de 256GB.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here