Para não ficarmos todos agarrados a um smartphone 5G sem tarifários para ele, a Samsung lançou hoje o Samsung Galaxy A32 na sua versão LTE, depois de lançar em Janeiro o Galaxy A32 5G. O novo smartphone apresenta como característica fundamental o facto de ser o primeiro Galaxy A com um ecrã de 90Hz de taxa de atualização, uma moda a que a maioria da concorrência já se adaptou.

Portanto, o ecrã é mesmo melhor que o da versão 5G: em vez de um TFT temos um Super AMOLED de 6.4 polegadas com resolução FHD (em vez de HD), com a querida taxa de 90Hz e um leitor biométrico integrado.

As melhorias dão-se também na câmara que à frente é uma unidade de 20MP, enquanto atrás encontramos uma unidade de 64MP acompanhada de uma ultragrande angular de 8MP, uma macro de 5Mp e um sensor de profundidade de 2MP. Tudo somado, é uma oferta muito forte em fotografia, certamente mais do que na sua versão 5G.

Ora qual o processador a bordo é algo que não está confirmado, mas parece ser o MediaTek Helio G80, um octa-core bem vocacionado para gaming, com 4 ou 6GB de RAM e até 128GB de armazenamento interno.

Finalmente, falando da bateria, temos uma unidade generosa de 5000mAh e carregamento de 15W.

O preço começa nos €220 para a versão com 4GB de RAM e 64GB de RAM. Por mais €20 podemos ter 128GB de armazenamento, por isso qual a dúvida? O Samsung Galaxy A32 parece ser um smartphone muito competitivo para quem não quer o preço adicional do 5G, que, fora a conectividade, tem argumentos ainda melhores do que a verão 5G para quem quer focar-se no ecrã e na fotografia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here