Zero emissões de luz azul, zero cintilação, e uma tecnologia que aumenta a legibilidade sob a luz exterior: o TCL NXTPAPER chega a Portugal em Fevereiro com um ecrã nunca visto.

Esperamos alguns anos por uma revolução nos e-ink que nunca chegou: o e-ink a cores. A popularidade dos ecrãs e-ink é enorme entre ávidos leitores de e-book, mas os painéis a cores são raros e não cheios só de vantagens. A TCL, especialista em ecrãs, inventou uma tecnologia alternativa, a NXTPAPER que apresentara já na IFA de Berlim em Setembro e chegará agora ao mercado neste tablet muito interessante.

O ecrã não é um LCD “normal”: tem zero emissões de luz azul nocivas e zero cintilação prejudicial e potenciadora de fadiga ocular. Em vez de cristais líquidos, a tecnologia chama-se NCVM ou metalização a vácuo não condutiva, que é o mesmo que dizer que é feito de materiais que não conduzem eletricidade, nem têm retroiluminação como um painel IPS. Com a tecnologia NXTPAPER, o ecrã mantém-se altamente legível sob luz solar, efetivamente tornando-se ainda mais legível porque utiliza um truque: reflete a luz recebida para se tornar ainda mais legível.

Isto significa que, em condições muito escuras não conseguiremos ver o tablet, razão pela qual a TCL fornece uma luz que será ligada à porta USB para aproveitar as características refletoras do tablet.

Portanto, com pena minha que acabei de comprar um tablet, o TCL NXTPAPER parece ser o tablet ideal para os ávidos leitores de e-books e revistas nesta era de tudo digital, já que oferece proteção ocular avançada e uma bateria de 5500mAh que deverá ser impressionante, graças ao tipo de ecrã em cima da mesa com consumo energético muito baixo. Dispõe de carregamento rápido de 18W.

O hardware inclui depois um Mediatek MT8678E, um octa-core a 2.0GHz, com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno. O ecrã propriamente dito possui 8.8″ com resolução FHD 1080×1440.

A par com o TCL NXTPAPER, a TCL lançou igualmente o TCL Tab 10S, um equipamento mais tradicional, com bateria de 8000mAh e um ecrã de 10 polegadas FHD+ 1920X2000, que será munido de um Mediatek MT8769 com 3/4GB de RAM e até 64GB de armazenamento interno. O design é interessante e, no geral, o Tab 10S parece um tablet de gama média muito sólido.

O TCL NXTPAPER chega a Portugal em Abril por um PVPR de €399, enquanto o Tab 10S custará €249 para a versão WiFi, enquanto a versão LTE custará algo mais, €299 e chegará em Março.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here