Os smartphones dobráveis serão a grande novidade mobile de 2019, a par e passo com a chegada da rede 5G. Mas a novidade significa que muito está ainda em aberto quanto a factores de forma e funcionalidades e a Sony pode ser a mais arrojada de todas, com um Xperia não só dobrável, mas também transparente.

Segundo uma patente da Sony solicitada em Maio ao WIPO, o futuro Xperia terá dois ecrãs, um na frente, outro atrás, ao estilo do Nubia X. O interessante destes ecrãs é que terão vários modos de funcionamento, especificamente transparente, semi-transparente e opaco.

Os painéis OLED, graças à sua estrutura, podem ser efectivamente transparentes, e a Samsung de facto fábrica OLED transparentes desde 2008 e, embora a Samsung tenha extinguindo os equipamentos TOLED. Também a Panasonic já apresentou ecrãs capazes de se tornarem transparentes, só para dar dois exemplos, pelo que a ideia da Sony não é descabida!

A Sony planeou todas as tecnicidades para conseguir uma proeza destas, recorrendo a um ecrã com LED e controlos luminosos, com superfície dupla. Ou seja, embora pareçam dois ecrãs, os díodos emitem luz para ambos os lados do ecrã, gerando este efeito de ecrã duplo, mas cada pixel controla igualmente a reflexão da luz incidente, e ao colocarmos um ecrã de costas para o outro podemos gerar este efeito de dois ecrãs totalmente opacos, totalmente transparentes ou intercalados.

Podemos imaginar inúmeras utilidades para este tipo de abordagem, como baixo consumo durante apresentação de notificações e feeds, ou facilitar a visualização de obstáculos enquanto olhamos para o ecrã distraídos.

Mas a patente para esta tecnologia de ecrãs transparentes não se resume a smartphones dobráveis e pode ser aplicada a outros factores de forma, incluindo um ecrã flexível em bobine. A Sony pode não estar no topo neste momento, mas continua a ser um gigante tecnológico e parece ter ideias muito interessantes na manga.

1 COMENTÁRIO

  1. […] No Samsung Galaxy A8s, a Samsung equipou a câmara principal com um pequeno anel luminoso que pretende indicar quando a câmara está pronta. Isto mostra que a Samsung não quer deixar a perfuração simplesmente “lá”, e procura modos de a tornar menos intrusiva, ou pelo menos mais discreta. Com a Samsung a perceber um pouco de ecrãs OLED transparentes esta possibilidade não é ficção-científica, mas uma realidade que poderá afinal estar atrás da esquina. Mesmo a rival Sony já pondera a utilização de ecrãs de transparência regulável para o seu hipotético Xperia dobrável. […]

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here