A OnePlus é uma marca de culto como há poucas: praticamente inventaram o termo flagship killer, definindo um dispositivo com características de topo, mas preço de gama média. Com a fórmula, a OnePlus mudou profundamente o mercado dos smartphones. As suas rivais dividiram-se em dois grupos: aquelas que souberam responder, como a Samsung, e aquelas que se deixaram encostar a um canto, como a Sony. Mas, com o peso da história em cima, a OnePlus quis tornar-se uma marca mais convencional, eu diria mesmo uma espécie de Nokia: ninguém ficará sem um OnePlus, independentemente do seu orçamento. Por isso, após o lançamento do OnePlus Nord, a marca cumpriu a promessa de lançar toda uma família Nord de equipamentos acessíveis, com os OnePlus Nord N10 e Nord N100. Mas, como veremos, estes dispositivos não são totalmente originais.

Estes são os dispositivos para todos os que querem conhecer a bem-querida experiência de utilização OxygenOS e – atrevo-me a dizê-lo – a mística OnePlus, mas não querem gastar várias centenas de Euros. Os OnePlus Nord N10 e N100 são, por isso, ainda mais baratos do que o OnePlus Nord já nosso conhecido.

E reparem: há vantagens em optar pelos OnePlus mais baratos, já que Nord N10 e Nord N100 fazem história como os primeiros OnePlus com expansão via microSD e trazem de volta o muito desejado jack de áudio de 3.5mm. Sim, ouviram… leram bem: o jack de áudio está presente nos dois baratinhos.

OnePlus Nord N10: a gama média equilibrada

Para quem quer apostar num equipamento com algo mais de pujança e pernas para andar, o Nord N10 é o caminho a trilhar. O N10 chega com um excelente processador, o Snapdragon 690, muito recente e que inclui já conectividade 5G, uma excelente oferta por aproximadamente €300, tornando este equipamento competitivo.

Imagem

O processador será acompanhado por 6GB de RAM e 128GB de armazenamento interno expansível até 512GB, via microSD. Pessoal, é a primeira vez que isto é escrito sobre um OnePlus!

Quanto ao ecrã, contamos com uma unidade de 6.49 polegadas FHD com 90Hz de taxa de atualização, com a câmara frontal de 16MP alojada numa perfuração no canto superior esquerdo. Continuando nas câmaras, encontramos uma unidade principal de 64MP, uma ultragrande angular de 13MP, um sensor macro e um sensor monocromático de 2MP.

Falta ainda falar da bateria, uma unidade de 4300mAh com Warp Charge 30T.

OnePlus Nord N100: o OnePlus para as massas

Digamos que querem um smartphone funcional e completo sem exceder um valor razoável. Por €179, o OnePlus Nord N100 oferece um ecrã HD de 6.52 polegadas. Não há luxos como taxa de atualização de 90Hz, e teremos de nos haver com 60Hz, mas pelo menos o ecrã tem rebordos muito reduzidos para o preço. A câmara frontal é de 8MP.

Entretanto, as restantes câmaras incluem uma principal de 13MP, além de uma câmara macro de 2MP e uma terceira para efeitos de bokeh com a mesma resolução.

O processador é o Snapdragon 460 com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno expansível. O lado positivo é a bateria de 5000mAh com carregamento de 18W.

Preço e disponibilidade

Os OnePlus Nord N10 e Nord N100 chegam primeiro à Europa e Reino Unido por €179 para o OnePlus Nord N100 e €329 para o OnePlus Nord N10, se bem que as datas de lançamento ainda não tenham sido especificadas. Curiosamente, chegam com o OxygenOS 10.5 baseado no Android 10, não no Android 11 como tínhamos esperado.

Ora, se estas especificações vos eram algo familiares é porque a OnePlus parece ter usado a seu favor o enorme portefólio da BBK Electronics. Assim, o OnePlus Nord N100 parece utilizar os componentes fundamentais do Oppo A53, incluindo processador, câmaras, ecrã e bateria. O OnePlus Nord N10 tem, por seu turno, algumas comunalidades com o Realme 7, mas diversas peças únicas, pelo que é o terminal mais OnePlus dos dois.

Os preços são competitivos, mas não revolucionários, e a OnePlus encontrará muitos mais peixes neste oceano de smartphones. Uma coisa é certa: esta é uma nova fase para a mítica marca Chinesa!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here