A diversos níveis, o Xiaomi Mi A1 é um smartphone extraordinário, ao reunir um hardware potente a uma versão limpa do Android e a um preço extremamente competitivo. Esta será uma combinação que o catapulta para um dos mais populares smartphones do ano, e quiçá o melhor dispositivo de 2017. No entanto, algo fundamental faltou no lançamento: o carregamento rápido que poderá ser acrescentado com o Android 8.0 Oreo.

De facto, desde o início do mês que o Xiaomi Mi A1 é abrangido por uma programa beta testing do Android Oreo e a mais recente build introduz diversas melhorias a nível do desempenho do dispositivo. Mais significativamente, a build acrescenta o muito necessário fast charge. É caso para nos perguntarmos afinal porque não estava o carregamento rápido disponível desde o inicio no Xiaomi Mi A1, sendo esta funcionalidade crucial num smartphone moderno!

A diferença é apreciável, já que em vez de carregar completamente em 120 minutos, o Xiaomi carregará em 90 minutos, um corte de 30% no tempo necessário até termos o equipamento completamente disponível de novo.

A Xiaomi já terá integrado nesta versão Beta funcionalidades como a Picture in Picture, e ajustado as animações das apps, que têm sido um aparente ponto de crítica ao dispositivo. Agora teremos apenas de esperar para a chegada da versão final do Android 8.0 Oreo e, estando as builds já avançadas, a versão de série poderá ser apresentada ainda este ano, ou já em Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here