Quando o LG G7 ThinQ foi lançado no início de 2018, muitos terão com toda a certeza ficado surpreendidos pela adesão da LG ao notch. Logo a LG, que sempre teve uma marca forte no design mobile a aderir a um trend? No entanto, uma patente recentemente atribuída mostra que os planos da Coreana nem sempre foram desse sentido.

Segundo esta patente pedida em 2016, a LG estava a trabalhar em ecrãs simétricos de rebordos reduzidos, na verdade nada muito diferente do que vimos no malfadado LG G6 que chegou ao mercado com um mix de inovação e obsolescência que o impediu de atingir o seu potencial completo.

Talvez o ponto mais interessante desta patente nem sejam os ecrãs, mas o módulo quadrado para três câmaras e um flash, que podemos encontrar no painel traseiro. É certamente algo reminiscente do que a Huawei fez com o Huawei Mate 20, e pelo menos agora a LG não poderá ser acusada de imitar ninguém, já que a patente tem uns bons dois anos.

Uma certa antiguidade desta patente justifica alguns detalhes menos modernos, como o leitor biométrico na face traseira, ou o ecrã plano sem qualquer tipo de curvatura. Hoje os tempos são outros e algumas alterações teriam de ser feitas para adequar este dispositivo aos requisitos de um smartphone moderno. Ainda assim, com o LG G8 não esperado até 2019, é possível que alguns detalhes deste equipamento passem para esse futuro flagship, o que não seria de todo mau, considerando que o notch está decididamente a sair de moda e as marcas Android procuram uma solução diferente para a necessidade de reduzir os rebordos do ecrã.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here