Os Xiaomi 11T e 11T Pro são os novos equipamentos que a Xiaomi colocou no mercado com a sua filosofia de oferecer o máximo de especificações por um valor justo. Mas os Xiaomi 11T e 11T Pro são muito mais do que isso. Munidos de processadores modernos e sensores fotográficos potentes, os Xiaomi 11T desafiam o conceito de topo de gama. O Xiaomi 11T Pro, ainda assim, vai mais longe, com um revolucionário carregamento rápido de 120W que muda todas as regras do jogo. Este é um argumento de peso que coloca o Xiaomi 11T Pro acima de qualquer concorrente na corrida pela autonomia máxima num smartphone que pede para ser utilizado continuamente.

Top Models

Do ponto de vista estilístico, os dois novos Xiaomi são praticamente indistintos. A Xiaomi quis que assim fosse, claro, para que, qualquer quer seja o Xiaomi que escolherem, terem o máximo em comum e gozarem de uma experiência muito próxima.

Portanto, ambos contam cum uma construção impecável e esmerada, de linhas elegantes com painel traseiro e ecrã a curvarem-se nas laterais. Os módulos fotográficos grandes estão na moda e a Xiaomi usa-os bem para chamar à atenção para a câmara de 180MP de potência para já insuperável no mercado. A acompanhá-la temos ainda uma ultragrande angular de 8MP e uma telemacro de 5MP.

Os Xiaomi 11T estão disponíveis em diversas cores. Tivermos oportunidade de ver a versão branca que está decididamente na moda e é a cor que mais associo à Xiaomi. Há também uma versão em cinzento com um twist: sob o vidro, a textura cinzenta tem um acabamento de metal escovado que lhe confere um interesse muito maior por comparação a uma cor uniforme. Finalmente, o acabamento acetinado iridiscente da terceira versão é inegavelmente hipnotizante, quiçá algo feminino, mas tem a vantagem fenomenal de ser praticamente imune a dedadas, algo que as duas outras cores atraem tendencialmente.

És tu o criador

Estee ano, os dois Xiaomi chegam com o desafio de sermos nós os próprios criadores. Ambos comportam uma câmara principal de 108MP, mas porque a resolução não é tudo a Xiaomi apostou muito forte na inteligência artificial, em particular nos vídeos, onde é possível aplicar filtros inteligentes e efeitos especiais como mundos em espelho ou panorâmicas do plano de fundo, com as demonstrações que vimos a fazerem um excelente trabalho em isolar o elemento principal num clip.

A câmara em si não sabemos ainda do que é capaz, porque não tivemos assim tanto tempo para brincar com ela quanto quereríamos, mas a interface da Xiaomi é habitualmente completa e rápida, parecendo-me que é assim aqui também. Teremos de ajuizar mais tarde, claro.

Dois Xiaomi, um ecrã de topo

Um ponto que vamos notar desde logo é que os ecrãs dos Xiaomi 11T e Xiaomi 11T Pro são sublimes em termos de eficácia de representação de cor e detalhe. A marca diz-nos que este ecrã é semelhante ao excelente que já adorna o raríssimo Xiaomi Mi 11 Ultra: é um painel Samsung AMOLED E5 LTPO com cor de 8 bit e 120Hz de taxa de atualização. Há ainda TrueColor e, segundo sabemos, o DisplayMate deu ao ecrã uma classificação A+, colocando-o desde já no topo do campeonato dos melhores ecrãs de smartphones.

Não poupando em detalhes, o Pro tem uma vantagem sobre o 11T, no sentido em que o primeiro tem Dolby Vision HDR, enquanto o 11T tem HDR10 standard.

Vamos poder tirar muito proveito destes ecrãs, não se preocupem. Temos no Snapdragon 888 do 11T Pro um colossal processador, enquanto o 11T opta pelo MediaTek Dimensity 1200, um processador muito novo que se coloca algo abaixo do Snapdragon 870 e que tem recebido muito boas críticas.

As colunas Harman/Kardon tratam do resto, quanto a uma experiência multimédia que muito promete. O volume é certamente interessante para dar uma densidade extra a qualquer jogo.

120W de velocidade

É o flash? É o Super-Homem? Não. Toda esta velocidade é o carregamento HyperCharge da Xiaomi, com 120W de potência, permitindo carregar 5000mAh de bateria em 17 minutos. Esqueçam carregar durante a noite, ou praguejar quando acordarem de manhã e descobrirem que têm a bateria em baixo. Antes de tomarem banho o Xiaomi estará carregado e bastam 5 minutos para carregar 42 minutos desta bateria.

Este foi o ponto que mais me surpreendeu em todo o lançamento. Muitas das melhores tecnologias ensaiadas na China tardam em chegar cá por dificuldades de homologação, mas a Xiaomi está de parabéns por ter conseguido certificar por cá o seu carregador de nitreto de gálio e todas as tecnologias que dele fazem parte. A certificação Safe Charge foi feita pelo conceituado TÜV Rheinland e dá-nos toda a confiança nesta tecnologia que tem imensas defesas contra falha, incluindo deteção de humidade, corrosão e controlo de temperatura. Mas não pensem em usar qualquer cabo com este carregamento: vão mesmo precisar de um carregador e de um cabo oficial para poderem tirar todo o partido do carregamento com o máximo de segurança.

Como se não fosse suficiente este enorme carregamento, a Xiaomi ainda conseguiu aumentar a capacidade da bateria para 5000mAh, um valor absolutamente estonteante e que, tendo em conta o carregamento rápido, tenderia a ser menor.

No caso do 11T teremos de ser mais pacientes, com um carregamento em 36 minutos. Ainda assim, não está nada mau.

Expetativas

Bom, os topos de gama, os flagships, costumam guardar para si toda a excitação, mas os Xiaomi 11T e 11T Pro com certeza que conseguem quebrar essa regra. O Xiaomi 11T Pro em particular, é um smartphone recheado de especificações de gama alta, incluindo um ecrã soberbo e o Snapdragon 888. Mas, acima de tudo, a certificação em Portugal do carregamento de 120W é um trunfo enorme para a Xiaomi, que consegue oferecer um carregamento fulgurante, adequado ao mundo apressado em que vivemos hoje e que raramente perdoa desleixes com a autonomia dos nossos smartphones. 15 minutos não é nada: é a pausa matinal para o café, e basta para termos a bateria quase atestada.

Portanto, duas ofertas fortíssimas da Xiaomi para repensar o que é um smartphone topo de gama. Disponível a partir dos €649.99, o Xiaomi 11T Pro um flagship killer em corpo e essência.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here