É mais uma peça de informação a juntar-se às provas que indicam que o Huawei Mate 10 chegará com um novo e poderoso processador: a produção em massa do HiSilicon 970 já estará em curso, mesmo a tempo do lançamento do futuro flagship da Huawei que será anunciado em Outubro ou Novembro.

O Kirin 970 será inquestionavelmente o processador mais destacado até à próxima geração de chips que chegarão ao mercado em 2018, já que será o primeiro processador em produção com os novos núcleos Cortex-A55 e Cortex-A75, além da nova arquitectura da ARM para gráficas, fortemente focada na realidade virtual. Estes núcleos são verdadeiramente numa nova geração que muda fundamentalmente algumas das características dos núcleos anteriores. Por exemplo, a geração anterior estava limitada a ser montada em clusters com um máximo de 4 núcleos por agrupamento, enquanto que agora poderemos ter 6 ou 8 núcleos agrupados.

Segundo as informações que têm circulado na imprensa especializada, o HiSilicon Kirin 970 será também o primeiro processador móvel do mundo pensado de raiz para a inteligência artificial. Esta asserção leva a pensar que a Huawei terá para muito breve o seu próprio assistente virtual, à semelhança do Google Assistant ou Amazon Alexa. A questão será se este assistente virtual chegará já no Huawei Mate 10, ou se teremos de esperar pelos Huawei do próximo ano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here