Desde há algum tempo que sabemos que a Razer vai lançar o sucessor para o seu Razerphone, lançado em 2017 como o primeiro smartphone para gaming de uma nova era. O Razerphone 2 será lançado em Outubro, mas não é apenas no nome que a mudança parece ser escassa. Também os renders mostram um equipamento praticamente igual ao seu antecessor, à excepção de alguns (importantes) pormenores.

O mais notável será mesmo a presença de um módulo de câmaras redesenhado, e colocado numa posição mais central por comparação à primeira geração, onde as câmaras estava localizadas no campo superior esquerdo. Pensando nisso mais a fundo, considerando a existência dos rebordos na base e topo do ecrã para apoio dos dedos, talvez estes ficassem demasiado próximos das câmaras na configuração inicial.

Quanto ao resto, o Razer Phone 2, mantém o design inicial praticamente inalterado, com o áudio estéreo frontal em dois grandes rebordos nas extremidades do ecrã. Por seu turno, se os renders que reproduzimos neste artigo estiverem correctos, as margens negras do próprio ecrã não são particularmente elegantes, mas é justo dizer que a principal função do ecrã é ser capaz de reproduzir os gráficos sem anomalias. Quanto à ergonomia, o Razer Phone 2 parece ainda duvidoso e aqui devo dizer que a segunda geração deste smartphone não é particularmente inspiradora quanto às novidades que trará.

Espera-se obviamente o Snapdragon 845, e a ausência de um leitor biométrico é gritante, ainda que exista sempre a possibilidade de um leitor biométrico no ecrã. O símbolo da Razer parece, no entanto, estar a brilhar, o que pode indiciar iluminação RGB para alguns efeitos interessantes, o que é… bom, inútil por comparação a termos um leitor biométrico.

De resto, face à concorrência que o Razer Phone 2 enfrentará, é difícil perceber porque existe uma segunda geração deste smartphone sem mudanças de fundo aparentes. Com concorrentes a optarem por comandos extras, portas USB redundantes e outros aprimoramentos, o Razer Phone 2 não traz nada para a mesa.

Teremos que esperar por dia 10 de Outubro para perceber se a Razer tem algum truque na manga.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here