A Xiaomi oficializou mais um membro da família Redmi, com a apresentação na Índia do Redmi 8, essencialmente uma iteração do Redmi 8A que acrescenta uma câmara e um leitor biométrico, e mantém praticamente todas as restantes especificações.

O talento da Xiaomi para debitar modelos semelhantes com alguns ajustes é certamente invejável. A marca tira e acrescenta funcionalidades, e consegue fazê-lo com uma mestria de que poucas são capazes.

No caso do Redmi 8 temos fundamentalmente um Redmi 8A, e isso não é de todo mau. Continuamos com o Snapdragon 439 a bordo, sendo o octa-core acompanhado de 3 ou 4GB de RAM e 32 ou 64GB de armazenamento interno. Mantém-se igualmente o ecrã de 6.22 polegadas com resolução HD+ e uma câmara selfie de 8MP, e a bateria de 5000mAh com carregamento rápido de 18W.

As novidades mais visíveis são a segunda câmara de 2MP que captura informação de profundidade para a câmara de 12MP, e um leitor biométrico na face traseira. As câmaras de profundidade são sempre duvidosas. Pessoalmente não vejo que tragam real vantagem para a maioria das situações, mas outros podem discordar.

Com um preço equivalente a aproximadamente €100, o Redmi 8 pode ser um colossal sucesso de vendas se chegar cá a terras Lusas. O acabamento brilhante e bem conseguido certamente fazem esquecer o seu segmento budget e as especificações são fundamentalmente sólidas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here