O Redmi K20 tem feito as rondas da Internet, sendo-lhe apontadas algumas características prodigiosas, incluindo uma performance espectatular apanhada pelo AnTuTu, onde supera equipamentos como o Black Shark 2. Numa interessante reviravolta, no entanto, o K20 parece afinal equipado com o Snapdragon 730, um chip muito promissor, mas não um Snapdragon 855, com toda a certeza.

Essa glória deverá ficar para o Redmi K20 Pro. Mas o K20 poderá sofrer ainda mais uma mutação, se se concretizar o que avança um blogue Polaco que indica que o Redmi será lançado do país como Xiaomi Mi 9T, enquanto o K20 Pro será o Mi 9T Pro.

Porque faria isso a Redmi? A resposta mais óbvia será o renome da Xiaomi e o valor do seu branding. Ora, se na Polónia tal acontecerá, é possível que também em Portugal os Redmi cheguem como Xiaomi, marca mais reconhecida e mais conotada com a gama média.

Portanto, o que sabemos sobre o Redmi K20 indica-nos um smartphone com o Snapdragon 730, com 6GB de RAM e até 128GB de armazenamento, mas também uma câmara pop-up e três câmaras principais, uma das quais de 48MP, além de uma bateria de 4000mAh. Mais significativo é que ambos os dispositivos contarão com jack de áudio e tecnologia NFC, pouco utilizada na China, mas corrente e útil no mercado Europeu.

Em termos de preços, temos apenas indicações de que os dois dispositivos terão preços equivalentes aos dos atuais Xiaomi Mi 9 e Mi 9 SE. entretanto, é possível que o lançamento destes terminais seja anunciado já amanhã, dia 28, por isso fiquem atentos às nossas páginas se estiverem tão em pulgas quanto nós.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here