Hoje os Sony Xperia XA2 e Xperia XA2 Ultra receberam actualizações importantes a nível do áudio, mas a Sony já está a trabalhar nos seus sucessores, na forma do Sony Xperia XA3, que poderá ser lançado no início do próximo ano. Os primeiros renders deste dispositivo surgiram agora, cortesia de OnLeaks, um leakster geralmente capaz de renders antecipados muito próximos ao produto final.

A reter deste renders é que a Sony continua o seu caminho de evolução estilística e o Xperia XA3 apresenta um novo design face ao Xperia XA2, mas que não tem qualquer semelhança com a abordagem do recente Xperia XZ3. O dispositivo apresenta um ecrã 18:9, se bem que a Sony ainda não se convenceu da utilidade dos cantos arredondados, e o painel traseiro parecer ter as extremidades e laterais arredondadas.

O principal a notar aqui são dois detalhes importantes: por um lado um módulo com duas câmaras principais, uma novidade absoluta na gama média da Sony, mostrando bem que a marca está comprometida com uma maior agressividade nos seus dispositivos para enfrentar a concorrência Chinesa. A câmara frontal, por outro lado, encontra-se numa peculiar posição muito encostada à direita.

Por outro lado, verificamos a presença de um leitor biométrico na lateral, um regresso ao alinhamento Xperia.

Em gerações anteriores, este leitor não era passível de comercialização nos EUA, o que colocou a Sony numa tremenda desvantagem face à sua concorrência mais directa. No entanto, também a Samsung recorre agora a este tipo de solução e veremos potencialmente os Xperia a chegar os Estados Unidos com as funcionalidades completas.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O hardware esperado para o Sony Xperia XA3 é bastante interessante, colocando o dispositivo numa posição onde poderá oferecer boa performance, graças ao seu Snapdragon 660 que é uma grande melhoria face ao já de si muito razoável Snapdragon 630 da geração actual. Com algum optimismo, pensa-se que o Sony Xperia XA3 disporá de 6GB de RAM e 64GB de armazenamento interno máximo.

Nada mau para a Sony que muitos consideravam prestes a deixar o mercado dos smartphones para trás.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here