A Samsung pode estar a apostar na litografia intermédia de 8nm para o Exynos 9820, enquanto a Qualcomm e a Huawei já estão em pleno nos 7nm, mas a mostrar que a Samsung quer é ganhar a próxima corrida, a gigante tecnológica anunciou já ter completado o trabalho de desenvolvimento na litografia de 5nm.

A chegada dos primeiros chips de 5nm irá dar-se certamente em 2020 já, com a Samsung já disponível para enviar samples aos potenciais clientes, e com a unidade de Hwaseong a preparar-se para expandir a sua capacidade no final do ano, para produção em série no início de 2020. Isto permitirá aos próximos Galaxy S aproveitar esta tecnologia, sendo pouco claro se a concorrência conseguirá acompanhar.

Com este anúncio, a Samsung fica bem posicionada para produzir os próximos chips da Qualcomm ou Apple, enquanto a Huawei poderá manter-se fiel à TSMC, mas não quererá ainda assim perder a corrida aos 5nm. A Samsung estará também a desenvolver um processo de 6nm, que poderá ser mais barato e atraente para o segmento de gama média.

Sobre o novo processo litográfico, a Samsung indica um aumento da área lógica em 25% e 20% de diminuição no consumo energético, ou então 10% de aumento na performance com o mesmo consumo, sendo baseado na mesma tecnologia de litografia ultravioleta extrema (EUV).

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here