Como se esperava, a Samsung oficializou hoje o que será o próximo processador da família S10 em tandem com o Snapdragon 8150 e, como é óbvio, a marca Coreana não quis ficar atrás da rival Huawei e encheu o Exynos 9820 com o modem LTE mais rápido de que há memória, com uma velocidade de 2Gbps, fazendo a oferta de 1,4Gbps do Kirin 980 parecer pedestre.

Surpreendentemente, o Exynos 9820 não utiliza as novas litografias de 7nm, mas uma ligeiramente maior de 8nm, que é ainda assim uma grande evolução face aos 10nm do Exynos 9810 de 2017. De acordo com a Samsung, esta alteração permitirá um aumento da potência disponível, mas ainda assim uma economia energética de 10%.

Em termos de arquitectura, o Exynos 9820 é um tri-cluster octa-core, como tínhamos anteriormente pensado já que seria, utilizando um cluster de quatro Cortex A55, um segundo cluster de 2 Cortex A75 e, finalmente dois núcleos custom M4, que poderão ser Cortex A76.

O Exynos 9820 apresenta no entanto algumas características extremamente impressionantes, como a capacidade de gravar vídeo em 8K, um elemento que chega pela primeira vez a um processador mobile.

Outra mudança de grande monta, é que o Exynos 9820 tem a sua própria NPU dedicada para as tarefas de inteligência artificial, embora a Samsung tenha sido parca em detalhes quanto às suas capacidades, não se sabendo nesta fase de quantas operações por Watt é capaz. O modem LTE-A Cat.20 é outro destaque, uma vez que permite downloads de 2Gbps com 8CA.

O Exynos 9820 possui igualmente melhorias a nível do tratamento de imagem e conectividade. Nesta fase, é um chip impressionante

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here