Com tantos Samsung Galaxy A, pode tornar-se confuso perceber qual é qual. Mas, com o lançamento do Samsung Galaxy A70, a Samsung lança o seu primeiro ecrã cinematográfico 20:9, seguindo a tendência que a Sony lançou com os seus Xperia, e que a Motorola poderá seguir também com o Motorola One Vision. Mas o novo Galaxy A70 chega com muitas mais funcionalidades, para ser tornar o melhor dos Galaxy A até agora, e uma aposta com pontos suficientemente premium para dar luta às marcas Chinesas.

Um ecrã 20:9 ainda não é 21:9, mas é suficientemente próximo para acompanhar este rácio panorâmico, mesmo considerando que o ecrã de 6.7 polegadas é uma unidade Infinity U com notch de dimensões reduzidas, mas que terá de ser omitido de qualquer modo. Com uma resolução de 1080 x 2400, o ecrã é uma unidade Super AMOLED e inclui um leitor biométrico no ecrã, o primeiro Samsung fora da família Galaxy S a incluir um, ainda que não saibamos neste momento se é do tipo óptico ou ultrassónico. Diga-se de passagem, que a Samsung parece ter feito um excelente trabalho, mantendo os rebordos mínimos a toda a volta, mesmo se os lábios superior e inferior sejam algo mais espessos.

Se dúvidas restassem que este smartphone quer ser usado para multimédia, a bateria de 4500mAh com carregamento de 25W iria dissipá-las. Este é o primeiro Galaxy com carregamento acima dos 18W (fora o Galaxy S10+ 5G), para garantir que não ficamos sem energia a meio de uma série.

Do lado das fotografias, o Samsung Galaxy A70 conta com uma câmara tripla, começando com 32MP com abertura f/1.7, além de uma câmara de 8MP ultragrande angular, e uma câmara de 5MP para dados de profundidade. Curiosamente, também a câmara selfie possui 32MP, tornando o Galaxy A70 a aposta mais forte da Samsung do ponto de vista fotográfico, excluindo os Galaxy S10 e Note.

Quanto ao processamento, a Samsung não especificou o processador, indicando apenas que é um octa-core, portanto o Exynos 9610 não está fora de causa, e é acompanhado por 6 ou 8GB de RAM e 128GB de armazenamento interno.

O Samsung Galaxy A70 é construído naquilo que a Samsung chama de Glasstic, o que parece ser um plástico com semelhança ao vidro ou algo do género. É o tipo de construção que temos visto nos restantes Galaxy A, e a Samsung mantém um smartphone bastante completo que inclui porta USB-C, jack áudio e NFC. O software será o Android 9 com One UI.

Confesso-me algo impressionado com este Galaxy A70. Se a Samsung poderia ter ido mais longe em termos de construção em metal e vidro, no campo das especificações parece que temos aqui um vencedor, a começar pelas câmaras de maior resolução num Galaxy, o primeiro Galaxy com ecrã 20:9 e o primeiro com leitor biométrico no ecrã fora da gama alta. Com o preço certo, o Galaxy A70 venderá bem, e ajudará a subir o interesse do mercado Chinês na Samsung. Para já, no entanto, o preço ainda não foi revelado, nem a data de chegada ao mercado.

Sabemos isso sim as cores: o Samsung Galaxy A70 estará disponível em Coral, preto, branco e azul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here