Ainda estamos a alguma distância do lançamento dos futuros Samsung Galaxy S10 que se pensam ser um total de 3 modelos. Pese embora que os Galaxy S10 ainda se encontrem bem protegidos, um relatório da Bloomberg destaca como a Samsung quer atacar a Apple com smartphones 5G e flexíveis/dobráveis. Mas o que o relatório diz sobre os S10 é muito mais interessante.

Tendo em conta o timing dos lançamentos de 2019, é inevitável que a Samsung consiga lançar um smartphone 5G ready antes da Apple. Se Cupertino altera os seus procedimentos ou está sequer preocupada com isso, é outra história.

Os Galaxy S10 serão impressionantes

A primeira coisa que a Bloomberg confirma é que existirão três equipamentos Galaxy S10, incluindo um económico de que já se havia falado na imprensa da especialidade, mas não se vira ainda confirmado por um meio de comunicação generalista, ainda que a Bloomberg cite pessoas familiares com o processo. Continuamos, infelizmente, num campo de “disse que disse”.

Mas, se a Bloomberg está correta, os Galaxy S10 terão pela primeira vez num Samsung um leitor biométrico sob o ecrã. Não podemos pensar que falte capacidade de produção ou tecnologia à Samsung para avançar com este ponto apenas em 2019. A marca tradicionalmente conservadora não considerou até agora que a funcionalidade tivesse a mesma qualidade de um leitor biométrico normal.

Mas ainda mais extraordinário é a confirmação de que o Galaxy S10 Standard não terá apenas três câmaras principais, mas também uma câmara atrás do ecrã, visível via uma perfuração semelhante às que já mostramos anteriormente e que permitirão um ecrã bezel-less sem notch, mas também sem ter de optar por um desenho slider ao estilo do novo Xiaomi Mi Mix 3.

De notar que o S10 mais económico deverá manter o ecrã de curvatura bilateral, poupando em custos com um leitor biométrico tradicional. De um lado menos positivo, a Samsung pode estar a preparar-se para abandonar o jack áudio, e terá um equipamento em testes.

Estes dados mostram a Samsung claramente comprometida fortemente com o Galaxy S10 e com a criação de dispositivos que serão revolucionários dentro da família Galaxy S, em vez de meras evoluções. Estas informações promissoras vão ainda assim contra muito do que já ouvimos sobre as possibilidades para os Galaxy S10 e podem acabar por se alterar.

5G em parceria com a Verizon

Para o seu primeiro dispositivo 5G, a Samsung estará a trabalhar em proximidade com a Verizon Norte Americana para que a versão Americana do Galaxy S10 tenha um modem 5G.

Sendo a Verizon a maior operadora dos EUA, a parceria seria importante para rentabilizar e popularizar a tecnologia, fazendo a concorrência correr atrás.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here