A Motorola sabe fazer smartphones de gama baixa e média com excelentes características para o preço, e isso é algo que ninguém pode negar. Mesmo face ao avanço das novas marcas Chinesas, a família Moto G tem atraído os olhos daqueles à procura de um excelente smartphone barato, pelo que a chegada dos novos Moto G7 era amplamente aguardada. Entre o Motorola Moto G7, Moto G7 Play, Moto G7 Power e Moto G7 Plus, são quatro os novos Motorola, e há-os para todas as medidas.

Com o Snapdragon 632 a propulsionar os Moto G7, Moto G7 Play e Moto G7 Power, enquanto o Snapdragon 636 pode ser encontrado no Moto G7 Plus, não falta aos novos Moto G7 capacidade de processamento para imprimir uma boa performance ao Android 9.0 com uma interface bastante limpa que caracteriza estes dispositivos. Mas, se além da performance razoável querem bateria para o dia todo, então é para o Moto G7 Power que têm de olhar: com uma bateria de 5000mAh, este terminal promete nunca ficar sem sumo, enquanto o carregamento TurboPower 15W ajudará a recuperar em qualquer urgência.

O seu hardware inclui ainda um ecrã de 6.2 HD, 3GB de RAM, 32GB de armazenamento interno, câmara principal de 12MP e frontal de 8MP.

O modelo económico, entretanto, será o Moto G7 Play. O terminal aposta num ecrã algo mais pequeno, de 5.7 polegadas HD, 2GB de RAM e 32GB de armazenamento interno, uma câmara de 13MP e uma frontal de 8MP. A bateria é de 3000mAh, com carregamento de 10W, sendo de destacar que o equipamento não deixou de fora o leitor de impressões digitais.

Para quem procura um modelo equilibrado, o Moto G7 base é a escolha certa. A diferença mais óbvia entre este terminal e os G7 Play e G7 Power é a substituição do notch por um menor em forma de gota de água, com o que o ecrã de 6.2 polegadas FHD tem muito mais espaço para o que importa. Mantém-se o Snapdragon 632, mas desta feita acompanhado por 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno. A câmara principal de 12MP f/1.8 é acompanhada de uma secundária de 5MP, além de uma frontal de 8MP. A bateria, essa, é de 3000mAh com carregamento rápido 15W.

Finalmente temos o inquestionavelmente melhor da família, o Motorola Moto G7 Plus que é quase um smartphone completamente diferente. Munido de um Snapdragon 636, com 4GB de RAM e 64GB de armazenamento interno, o Moto G7 Plus oferecerá melhor performance, mas também um ecrã ligeiramente maior de 6.24 polegadas, uma nova parelha de câmaras de 16MP f/1.7 + 5MP, e uma câmara frontal de 12MP, sendo de destacar que a câmara principal possui estabilização óptica. O bónus é a bateria de 3000mAh com Quick Charge 4.0, para o que a Motorola oferece um carregador de 27W.

Os dois modelos superiores contam com construção em alumínio e vidro, enquanto os Moto G7 Play e Moto G7 Power se ficam pelo plástico. Se todos os modelos recorrem a uma porta USB-C, é uma pena ver que só o Moto G7 Plus possui tecnologia NFC. A concorrência desenfreada pelos preços tem-se focado mais nos processadores e menos neste tipo de funcionalidades cuja ausência efectivamente priva os utilizadores de maior potencial de utilização.

Com um preço de €300, o Moto G7 Plus será o mais caro, mas também o que mais oferecerá em termos de relação qualidade-preço. Os restantes terminais terão preços na casa dos €200, com o que serão certamente apetecíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here