A Sony tem uma longa tradição de apostar nas resoluções acima da média para os ecrãs dos seus dispositivos: em 2015, o Xperia Z5 foi o primeiro smartphone a apostar num ecrã 4K. A tecnologia não pegou realmente, devido aos seus custos e impactos energéticos, mas a Sony desistiu e, no Xperia 1, colocou o primeiro ecrã OLED 4K. Agora pode estar a prepara-se para bater um novo recorde, com o lançamento do primeiro ecrã 5K.

O dispositivo leva para já o nome de Xperia 1R, mas poderá acabar por ser o Xperia 2 que tem corrido a boca do mundo. Seja como for, o Xperia, que para já só possui o nome de código J8220, possui um ecrã 21:9 com uma resolução inesperada de 5,040 x 2,160, para uma densidade de pixels perto dos 900ppi, um valor inédito que vocaciona o Xperia para as aplicações VR, caso dos óculos de realidade virtual que beneficiarão desta enorme resolução.

Mas, contas feitas, tantos pixéis podem ser simplesmente demasiados para um ecrã de cerca de 6 polegadas, sem que o olho humano realmente distinga detalhes extra. O ecrã seria claramente um prodígio técnico, mas faltam aplicações para dele tirar proveito. Irá a Sony tão longe?

A Sony estará certamente a preparar algo para revelar na IFA de Berlim, mas as apostas estão em aberto quanto ao que veremos em cima da mesa. As informações mais recentes mostram um equipamento com três câmaras que poderia ser um Xperia 1x ou um Xperia 1v, mas sempre sem certezas. O dispositivo poderá aproveitar o novo Snapdragon 855 Plus, e não seria a primeira vez que a Sony estrearia um sistema operativo, neste caso o Android Q. Não é impossível que o faça agora, chegado o certame de Berlim, mas com tantas contradições quanto ao que este smartphone oferecerá, o melhor é manter algum ceticismo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here