Usualmente, a TekGenius hesita em publicar estranhezas da rede Weibo ou mesmo dos benchmarks sem verificação, perfeitamente consciente que estes resultados são facilmente falsificados e gritos de atenção que não merecem a nossa atenção. Estes dias, no entanto, verificamos que um suposto benchmark de Pocophone F1 Lite estava a fazer as rondas da Internet e fomos atrás. Obviamente era falso, tal como o mais recente relatório de um suposto Pocophone F2.

A nossa notícia sobre o Poco F1 Lite não foi emitida sem alguma estranheza: apesar de declarar um Snapdragon 660 a bordo, os resultados estão abaixo dos obtidos pelo Snapdragon 636 e a velocidade do processador não batia certo com a do Snapdragon 660. Bom, o resultado era falso.

Ora isto não aconteceu uma vez, mas duas, com um novo resultado a aparecer no GeekBench com um POCO F2, e mais uma vez alguns dos principais blogues de tecnologia morderam o isco. Mas o novo POCO F2 não é mais do que um Pixel 2 XL com root a correr o Android Q Beta, cortesia de Mishaal Rahman do XDA.

Rahman tem uma opinião bastante clara: os benchmarks não são fiáveis, e muitas vezes são facilmente fabricados, razão pela qual a TekGenius não recorre a eles significativamente. Mas divulgação de benchmarks falsos são normais nos blogues de tecnologia. Porquê?

A blogosfera tecnológica vive num mundo de artigos de fácil digestão, sensacionalismo e esquecimento, com milhões de leitores que querem novos artigos a cada momento, e a tentação é grande para todos publicarmos tudo o que vier à rede. Ao contrário do que Mishaal indica, nem sempre o crédito destes blogues fica ameaçado, já que a Internet esquece rapidamente. Pelo contrário, a pressão é grande para termos todos os dias um artigo importante, antes que o público se mude.

Na TekGenius procuramos não publicar tretas de sites que querem cliques com informação falsa. Preferimos menos leitores, mas melhor informados. Nem sempre acertamos e por vezes falhamos. Tentaremos fazer melhor no futuro.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here