A Hisense oficializou hoje sem demasiada pompa ou circunstância o seu primeiro smartphone 5G, na figura do Hisense F50 5G. Mas, curiosamente, a marca não escolheu nenhum dos processadores mais óbvios, optando pelo Unisoc Tiger T7510 5G.

O processador é um octa-core com quatro núcleos Cortex A75 a 2.0GHz e quatro Cortex A55 a 1.8GHz, incluindo um modem Ivy V510 e uma GPU PowerVR GM 9444 a 800MHz. O chip é fabricado com litografia de 12nm, pelo que em termos de capacidades deverá colocar-se na área do Snapdragon 765.

Quanto às especificações do Hisense F50, a marca poderia ter sido mais clara, mas manteve diversos detalhes omissos, como as especificações da quatro câmaras principais, RAM, memória ou dimensões do ecrã.

Sabemos, isso sim, que possui uma bateria bastante generosa de 5010mAh com carregamento rápido de 18W, além de uma área de dissipação de calor acrescida, com 8mm.

Com estes detalhes escassos, atrevo-me a dizer que o F50 será dos primeiros equipamentos 5G verdadeiramente democráticos e com preço razoável, colocando a rede 5G em smartphones que não pretendem ser o absoluto melhor em termos de processamento, e poupando nos custos elevados dos Snapdragon 865 e 765. Isso é, francamente, algo muito bom.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here