A tecnologia foi desenvolvida por uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, que conseguiu criar transmissores de Wi-Fi que funcionam da mesma forma que os actualmente aplicados, mas que precisam de 10 000 vezes menos energia.

O Wi-Fi é uma das tecnologias actualmente instaladas nos smartphones que mais bateria consome, podendo ser, esta alternativa, uma golfada de ar fresco para a durabilidade das nossas baterias.

As experiências conduzidas registam transmissões não superiores a 11 megabits, no entanto, os investigadores assumem que a tecnologia está pronta a ser implementada em equipamentos no contexto real.

Os resultados obtidos até à data foram publicados e serão divulgados no Simpósio do Design e Implementação de Sistemas Operacionais, em Março do próximo ano.

O objectivo da equipa passa por conseguir que os transmissores consumam praticamente nenhuma energia, o que se pode revelar num acréscimo de pelo menos mais um dia à bateria do smartphone.

Os avanços nesta área podem igualmente ser uma revolução na sustentabilidade dos aparelhos conectados entre si, no contexto da Internet das coisas.

FONTETek Sapo
COMPARTILHAR
Mestre em Engenharia Geológica e uma especial afinidade por tecnologias, inovação e informática. Na TekGenius pretendo trazer novidades, noticias e, acima de tudo, passar uma mensagem.

DEIXE UMA RESPOSTA