Quem fala de tablets de gama alta fala principalmente de Apple, ao ponto de tablet ser iPad. A Samsung também tem uma grande fatia do mercado, mas poucas marcas se atrevem sequer a tentar apontar ao mercado dos tablets de gama alta. A Huawei era, até aos seus sarilhos com a administração Americana, um player importante neste segmento. A Xiaomi parece querer uma fatia desse mercado importante e tem três equipamentos em preparação, segundo foi revelado numa análise ao código fonte da MIUI 12.5.

Nesse código, os três possíveis tablets têm os nomes de código “nabu”, “elish” e “enuma” em diversas apps da MIUI 12.5, e enquanto “enuma e “elish” parecem ser derivados, com modelo K81 e K81A respetivamente, a “nabu” tem o seu próprio modelo: K82, indiciando ser um equipamento único e que parece contar com a possibilidade de conectividade LTE ou 5G, pois as suas funcionalidades incluem chamadas de voz.

Estima-se que os três tablets terão ecrãs 16×10 com resolução 2560×1600 e 120Hz de taxa de atualização. Serão painéis IPS LCD e não parece que a Xiaomi queira competir diretamente com os melhores do mercado, mas sim oferecer alternativas imponentes, a preços reduzidos, daí os LCD e a possibilidade do “nabu” chegar com um Qualcomm sm8150, ou seja, um Snapdragon 860 ou anterior, enquanto os “elish” e “enuma” poderão apostar em algo mais de potência com uma plataforma sm8250 que poderá significar tudo desde um Snapdragon 865 a um 870, deixando de fora o Snapdragon 888.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here